7 de mai de 2018

Delação de Paulo Preto deve ser homologada no dia 14 e tende a implodir candidatura Alckmin

https://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2018/05/07/delacao-de-paulo-preto-deve-ser-homologada-no-dia-14-e-tende-a-implodir-candidatura-alckmin/

Os aliados de João Doria já estariam comemorando de forma discreta


Uma fonte da confiança do blogue garante que o acordo de delação de Paulo Vieira de Souza, conhecido no meio político como Paulo Preto, deve ser homologado no dia 14 próximo. E garante que seu conteúdo é explosivo e complica não só a trajetória política dos senadores José Serra e Aloysio Nunes Ferreira, como tem potencial para acabar com o sonho presidencial do ex-governador Geraldo Alckmin.

O fato de o acordo já estar em fase final de homologação é que está levando à divulgação de alguns fatos em conta gotas pela mídia tradicional, como as suas contas da Suíça

A provável intenção seria tirar os holofotes do conteúdo anti-Alckmin e jogar toda a responsabilidade dos esquemas de corrupção do ex-diretor da Dersa para Serra e Aloysio Nunes.

A nota da assessoria de Aloysio Nunes é clara ao apontar as digitais do vazamento e em dividir a batata quente com Alckmin: “Paulo Vieira de Souza não foi indicado pelo ministro Aloysio Nunes Ferreira para ocupar cargo na Dersa em 2007. O ex-diretor foi convidado em 2005 por Dario Rais Lopes, então secretário estadual de Transportes, para assumir a diretoria de relações institucionais da empresa no governo Geraldo Alckmin. E nela continuou no governo José Serra, tendo ocupado a diretoria de engenharia”.

Os aliados de João Doria já estariam comemorando de forma discreta a provável implosão da candidatura presidencial de Alckmin. Ele, que nunca desistiu de ser candidato a presidente, já estaria se assanhando pra herdar a vaga se o seu padrinho político vier a se inviabilizar com esta delação.

A bomba Paulo Preto que está acionada desde a eleição de 2010, quando Dilma o citou em debate contra Serra, pode explodir agora. E tornar a sucessão presidencial de 18 em algo ainda mais imprevisível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.