5 de mai de 2018

Copa do Mundo: Espanha vai ser campeã e o Brasil vice na Rússia


Espanha vai conquistar a Copa do Mundo da Rússia e o Brasil será o vice-campeão. Quem garante é o Observatório do Futebol CIES, centro de estudo ligado à Fifa, em cima de uma projeção do desempenho dos 23 jogadores, de cada uma das seleções classificadas para a Copa, em seus clubes desde julho de 2017.

Roger Besson, diretor e pesquisador do CIES, explica como é feito o levantamento.

“Nós nos baseamos nos jogadores que disputaram as partidas durante as Eliminatórias da Copa 2018. Nós olhamos se jogam nos clubes e em qual estão atualmente. Com isso, construímos um indicador que nos permite avaliar como estão as seleções envolvidas na competição. Nesse levantamento, o Brasil está indo muito bem para a Copa, em segundo lugar, atrás da Espanha” .

A lesão de Neymar – fratura no pé direito –, segundo Besson ao site globoesporte, prejudicou a Seleção Brasileira na projeção do CIES.

“Claro que levamos em conta a porcentagem de tempo de jogo, e Neymar não joga mais faz um ou dois meses. Obviamente, isso faz baixar porque ele jogava todas as partidas e tinha um tempo enorme de jogo pelo seu clube (PSG) na primeira parte da temporada. E depois ele não jogou mais. Fez uma pequena diferença (para o Brasil), mas não suficiente para ultrapassar a Espanha”.
Veja relatório do CIES:

A edição número 225 do Weekly Weekly do Observatório de Futebol CIES revela os vencedores mais prováveis ​​da Copa do Mundo de acordo com um índice exclusivo de energia. Este índice combina a porcentagem média de partidas disputadas no nível da liga nacional desde julho de 2017 pelos 23 jogadores mais convocados por seleções na campanha das Eliminatórias da Copa 2018 com o nível esportivo médio de clubes patronais. Espanha lidera a lista à frente do Brasil.

Durante a temporada atual, os 23 jogadores espanhóis mais convocados na fase das Eliminatórias jogaram, em média, 81,1% dos jogos da liga nacional. Este é o valor mais alto medido entre todas as equipes participantes. O nível desportivo médio dos clubes que empregam jogadores espanhóis é também o maior geral: 1.37. De acordo com esses critérios, a Espanha está bem posicionada para repetir seu sucesso em 2010. Três outras equipes têm um índice de poder superior a 80: Brasil, França e Alemanha.

No extremo oposto da tabela, o menor índice de potência foi registrado para o Panamá. Duas outras nações têm uma pontuação inferior a 25: Irã e Arábia Saudita. Para todos esses países, chegar aos últimos 16 estágios seria uma grande conquista. Para mais informações sobre os recursos dos jogadores empregados durante as qualificações, consulte a 30.ª edição do Relatório Mensal do Observatório de Futebol CIES.

No Chuteira FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.