26 de mai de 2018

A intervenção que até agora ninguém viu


Entramos na manhã de sábado e não é possível saber o quanto a “Operação de Grantia da Lei e da Ordem” decretada pelo Governo Federal desbloqueou as bases de distribuição de combustível, embora esteja nítido que o movimento  não liberou  as rodovias.

Há notícias esporádicas de caminhões tanques, escoltados, levando combustíveis para… não se sabe onde.

Caminhoneiros dizendo que ia “correr sangue” e notas do Ministério dizendo que a ação dos militares seria enérgica.

Horas depois, não há noticias de nenhuma ação incisiva nem de qualquer conflito com os manifestantes.

Ou nada está acontecendo ou está acontecendo um inesperado consentimento entre manifestantes e os que estariam indo reprimi-los.

Algo muito estranho, ou nem tanto, já que há inúmeras faixas pedindo justamente “intervenção militar”.

É possível que, nesta questão, os militares queiram muito pouco intervir, pelo grau de antipatia que isso pode lhes trazer.

Até agora, só se anunciou apoio às polícias estaduais.

Aconteça o que acontecer, parece descartado que a situação possa estar normalizada na segunda-feira.

Haverá pressão por ações espetaculares e, ao que parece, ressistência a elas entre os militares.

Fernando Brito
No Tijolaço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.