2 de abr de 2018

Vereador de Florianópolis: “Haitianos e senegaleses são totalmente treinados para a violência”

Ele
Na sessão do dia 20 de março de 2018, o vereador Edinon Manoel da Rosa, Dinho, fez uma fala preconceituosa e agressivo contra os imigrantes senegaleses e haitianos.


“Eu tenho medo porque esse povo, os haitianos, os senegaleses, eu acho que são totalmente treinados para a violência”
O desconforto do vereador está relacionado com a venda de produtos por parte dos imigrantes, na calçada, enfrente às lojas do bairro, o que fere, segundo o legislador, o interesse dos empresários do local.
“Os empresários falaram, tem que ser feita alguma coisa coisa, tem que ir pra rua, chamar a atenção.”
O vereador tem comunicado ao prefeito Gean Loureiro este desconforto, segundo consta na sua fala.

Edinon da Rosa, Dinho, eleito pelo PMDB (mesmo partido do prefeito) da capital catarinense, em 2004 e 2005 foi presidente da Associação de Moradores de Canasvieiras, bairro onde mora.

A produção de Desacato procurará uma entrevista com o parlamentar para que possa, se possível, explicar o motivo de ter usado qualificações desdenhosas e destemperadas com os trabalhadores negros e trabalhadoras negras que procuravam vender seus produtos no bairro de Canasvieiras, norte da Ilha de Santa Catarina. Também Desacato procurará um posicionamento dos movimentos setoriais atingidos por estas afirmações acontecidas na Câmara de Vereadores de Florianópolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.