1 de abr de 2018

STF é vítima de fake news

Vítima de Instagram falso, Corte informa que só possui contas no Twitter e no Youtube

No perfil falso, pesquisa perguntava opinião dos internautas sobre a prisão após 2ª instância.


Divulgou-se (até mesmo este site) hoje pela manhã que aparente conta oficial do STF no Instagram (stfjusbr) pergunta aos seguidores se se deve manter a prisão após condenação em 2ª instância.

Ocorre que, segundo o STF, a página na rede social - que inexplicavelmente usa imagens e fotos exclusivas do Supremo, e tem mais de 600 publicações - não pertenceria à comunicação oficial da Corte.




Trata-se, portanto, se isso for confirmado, de uma evidente Fake News. A Corte informa, ainda, que está tomando as medidas cabíveis para retirar a página do ar. O Supremo tem contas oficiais no Twitter e no YouTube.



Entre mortos e feridos, a decisão sobre a prisão em 2a instância, sem consulta popular, fica para o próximo dia 4 de abril, quando os ministros se debruçam sobre o mérito do HC do ex-presidente Lula.

Até lá, ficamos com esta como se fosse uma peta de 1º de abril, dia da mentira.





No Migalhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.