17 de abr de 2018

MST ocupa fazenda do cafetão do Golpe

Ele leva as putas pra fazenda, ou deixa no Bahamas?

Entrada da fazenda de Maroni em Araçatuba-SP na manhã de terça-feira 17/IV
Reprodução: Brasil de Fato/MST


MST ocupa fazenda de Oscar Maroni, o "magnata do sexo"

Cerca de 300 integrantes ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam, na manhã desta terça-feira (17), a Fazenda Santa Cecília, de propriedade de Oscar Maroni. A área fica em Araçatuba, interior de São Paulo.

Esta é quarta ocupação do movimento na área do empresário, conhecido por agenciar casas de prostituição de luxo como o Bahamas Club, na cidade de São Paulo.

A fazenda possui cerca de 700 hectares, e já esteve envolvida em processos trabalhistas que a levaram a leilão em 2016. O MST exige que a área seja destinada à Reforma Agrária.

Autodenominado "magnata do sexo", Maroni foi acusado pelo Ministério Público de São Paulo de manter casa de prostituição e de “facilitar ou induzir a prostituição alheia” no Bahamas. O empresário foi condenado em primeira instância em 2011, mas o Superior Tribunal de Justiça (STJ) o absolveu em outubro de 2017.

A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária e denuncia as violências de Oscar Maroni. Ao longo desta terça-feira, os movimentos populares ligados à Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo realizam uma série de mobilizações em todo o Brasil. Além de rememorar os 22 anos de impunidade do Massacre de Eldorado dos Carajás, as ações também denunciam a paralisação da Reforma Agrária, a arbitrariedade da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e reivindica agilidade nas investigações do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes.
Oscar Maroni promoveu festa pela prisão de Lula em frente à sua boate, 
o Bahamas Hotel Clube, na zona sul de São Paulo, em 7/IV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.