8 de abr de 2018

Miúdos que rugem


Dias de glória pros miúdos que rugem,
os que urram igual ratos;
aos que faltam a grandeza dos bravos,
a impetuosidade dos gigantes,
o aço timbrado no fogo da história,
sobram-lhes a galhofaria dos covardes,
as tintas carregadas das canetas mortas,
a escrita corajosa das múmias fétidas.

Os miúdos também precisam ter seu dia de graça
para expor sua carcaça sem brilho,
gritar o sabor do diploma sem suor,
beber o Cargo sem medo,
esconder os rabos de suas covardias nos birôs do poder,
as cabeças ocas longe da espada de Sísifo,
protegidos que são pela mão divina da cor,
a voz poderosa do Deus Dinheiro,
a baioneta torpe da tradição vil.

Estão nos tribunais, nas ruas, esquinas,
beirais dos apartamentos,
nos púlpitos das igrejas,
nas salas de aulas,
são muitos e vários,
natimortos, andam por aí,
ventos secos a queimar as peles dos que sonham,
os olhos dos que brilham,
as vozes que fazem o mundo pulsar o Universo.

Ó gente miúda, gozai seu dia de glória,
aproveitai seus momentos de orgasmos,
regozijai baratas de esgotos rotos,
contentai-vos!

De mim, saibam, nunca terão uma lágrima,
não percam seu tempo com a Deusa Clemência,
tecida nos fios de Cronos.

Cantai ó pequenos de escrúpulos,
hoje foi seu dia de glória,
circo superior de gente acéfala, pantomina de atores ruins.

Cantai seu louvor aos ratos que ainda fedem nas nossa memória,
bendizei seu cântico ao século XIX que se perpetua,
arrotai seu mugido de patos,
soltai seus odores nos ares do presente,
porque o futuro vem...

E eu já ouço os sinos do tempo,
Eu já vejo o moinho da história,
Eu já sinto o fogo da justiça justa,
a rolar pro lixo da história suas múmias fétidas,
seu perfume de chorume.

Passai! Diz o poeta!

"Nem pro estrume do futuro vocês servirão!"

RESISTÊNCIA

07/04/2018

Ao meu país, sempre. A Zumbi, a Dandara, ao Barão do Serro Azul (vítima da justiça oca do Paraná), a Quitéria, ao povo NEGRO, a Lula, aos que sonham por Justiça Justa!

Chega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.