16 de mar de 2018

Vou orar e ela vai adoecer; diz pastor em defesa do Gideões contra vereadora

O Congresso Gideões Missionários será bastante comprometido com o projeto da vereadora

Pr. Hueslen e Pr. Reuel Bernardino
Às vésperas de acontecer, a 36º edição do Congresso Gideões Missionários da Última Hora trava uma “briga” contra a Câmara de Vereadores de Camboriú.

Isso porquê, a Câmara está apreciando um projeto de lei, que visa fiscalizar e regulamentar o comércio em eventos na cidade. A proposta visa combater os crimes de pirataria comumente praticados por camelôs, e também, proibir que bancas fiquem espalhadas sobre as calçadas, atrapalhando o fluxo de pedestres.

O projeto também propõe evitar o lixo que fica espalhado pelas ruas, entre outros benefícios que contribuem para o perfeito funcionamento do município.

Apresentado pela vereadora Jane Stefen, o projeto de lei N. 003/2017 está tirando o sono da diretoria do Gideões. Apesar de não ter sido citado no projeto, as mudanças propostas pela vereadora atingem os interesses do Gideões, que é claramente comercial. Caso entre em vigor, causará um prejuízo milionário ao evento.

O pastor Hueslen Ricardo Santos, tem tentado impedir que o projeto seja aprovado, e suas frequentes visitas a Câmara, tem causado um certo desconforto aos vereadores.

Durante uma  de suas transmissões no Facebook, falando sobre o caso, um pastor identificado como Carlão Costa, disse que iria orar para que os vereadores adoecessem. Ele disse que, conforme sua oração, a vereadora que criou o projeto ficaria doente por quarenta dias.


A vereadora concedeu uma entrevista e falou sobre o caso:



No FuxicoGospel

Um comentário:

  1. Se esses lugares fosse realmente casas de orações, não faltaria bicudos(chutes nas barracas)mas como lá vão buscar e ouvir só o que é para carne ... está tudo certo,proféticamente continuam soltando a Barrabás. Despertem...

    ResponderExcluir

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.