24 de mar de 2018

“Vem Pra Rua” e o funcionário fantasma

A seita fascista “Vem Pra Rua”, tão bajulada pela mídia nas marchas que resultaram no impeachment de Dilma Rousseff e na chegada ao poder da quadrilha de Michel Temer, está convocando protestos pela prisão de Lula no início de abril. Ao invés de pressionar o Supremo Tribunal Federal, o grupelho devia ficar preocupado com as recentes denúncias contra um dos seus líderes, Julio César Castro Lins Barroso, que é acusado de ser funcionário fantasma no gabinete do vice-prefeito de Manaus. O site “Amazonas-1”, divulgou nesta semana uma matéria que pode até resultar na prisão no fedelho. Vale conferir:

“O líder nacional do movimento virtual Vem Pra Rua, que apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, Julio César Castro Lins Barroso, 19 anos, foi nomeado como chefe de Divisão de Articulação Política no gabinete do vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta (PSDB), no dia 9 de janeiro de 2017, com um salário mensal de R$ 4.600. Segundo servidores da Prefeitura, Julio Lins – como é conhecido – nunca desenvolveu, em 14 meses de trabalho, uma atividade concreta na capital inerente a sua função. Colaboradores do Amazonas-1 percorreram o local de trabalho do estudante e não o encontraram exercendo atividades presenciais nos meses de fevereiro e março”.

Ainda segundo o site Amazonas-1, “Julio é conhecido nacionalmente pela mobilização que organizou o movimento Vem Pra Rua, levando milhares de pessoas às ruas de São Paulo, vestidas com a camisa do Brasil, com mote do ‘combate à corrupção’. Por conta dessa atividade, ele deu entrevistas à TV Globo e jornais, como Estadão e Folha. No perfil pessoal do estudante no Facebook, Julio não faz qualquer menção ao seu trabalho como servidor municipal, em Manaus, nem em sua descrição profissional, nem nos posts que escreve diariamente”. O site relata as várias viagens do líder da seita, que comprovam que ele é um funcionário fantasma.

“A divulgação de seu cotidiano nas redes sociais mostra uma rotina intensa de viagens nacionais e internacionais relacionadas ao movimento político Renova Brasil (RenovaBR) e ao seu partido, o recém-criado ‘Livres’. O RenovaBR foi criado em outubro de 2017 com o propósito de acelerar a ‘criação de novas lideranças políticas e renovar o Congresso Nacional’. Mesmo em dias e horários de expediente, Julio divulga fotos em viagens, como a que ele postou no dia 28 de fevereiro, quando o estudante fez um check-in no Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, com destino à capital dos Estados Unidos, Washington”.

O site até tentou uma explicação do fascistinha, “mas não obteve sucesso. A prefeitura de Manaus informou que, neste mês, Júlio está de férias e que aproveita o momento para fazer ‘viagens de capacitação’”. O site também perguntou quem custeia as viagens do líder da seita Vem Pra Rua. A resposta foi esclarecedora: “As viagens nacionais são custeadas pelo RenovaBR”, um movimento da cloaca empresarial que visa interferir – com muita grana – nas eleições de outubro. “A internacional foi custeada pelo Students for Liberty” – uma sinistra organização dos EUA que é financiada por poderosas empresas imperialista, principalmente no ramo de petróleo, e teve papel de destaque no golpe no Brasil.

Altamiro Borges

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.