12 de mar de 2018

Os 42 ricaços do Brasil. Todos golpistas!

A revista Forbes, dedicada à cloaca empresarial do planeta, divulgou na última terça-feira (6) a lista dos maiores bilionários do Brasil. O ranking é um autêntico escárnio. Enquanto milhões de brasileiros são lançados na miséria pelas políticas antipovo do vampirão Michel Temer – com sua terceirização selvagem, "deforma" trabalhista, congelamento por 20 anos dos investimentos na saúde e educação, entre outras maldades –, 42 bilionários ostentam fortunas inimagináveis. Não é para menos que a maioria deles, de forma direta ou indireta, esteve envolvida no golpe dos corruptos. São banqueiros, barões do agronegócios, industriais e donos da mídia. Os ricaços querem manter e ampliar suas riquezas. E danem-se os brasileiros. Confira a lista:

1. Jorge Paulo Lemann – US$ 27,4 bilhões
2. Joseph Safra – US$ 23,5 bilhões
3. Marcel Herrmann Telles – US$ 14 bilhões
4. Carlos Alberto Sicupira – US$ 12 bilhões
5. Eduardo Saverin – US$ 10,1 bilhões
6. Pedro Moreira Salles – US$ 5,1 bilhões
7. Fernando Roberto Moreira Salles – US$ 5 bilhões
8. João Moreira Salles – US$ 5 bilhões
9. Walther Moreira Salles Junior – US$ 5 bilhões
10. Abilio dos Santos Diniz – US$ 3,5 bilhões
11. Walter Faria – US$ 3,2 bilhões
12. Luis Frias – US$ bilhões
13. Ermirio Pereira de Moraes – US$ 2,7 bilhões
14. Jorge Moll Filho – US$ 2,6 bilhões
15. Maria Helena Moraes Scripilliti - US$ 2,6 bilhões
16. Aloysio de Andrade Faria – US$ 2,5 bilhões
17. José Roberto Marinho – US$ 2,5 bilhões
18. Roberto Irineu Marinho – US$ 2,5 bilhões
19. Carlos Sanchez – US$ 2,5 bilhões
20. José Luís Cutrale – US$ 2,4 bilhões
21. Alfredo Egydio Arruda Villela Filho – US$ 2,4 bilhões
22. André Esteves – US$ 2,4 bilhões
23. João Roberto Marinho – US$ 2,4 bilhões
24. Nevaldo Rocha – US$ 2,4 bilhões
25. Lia Maria Aguiar – US$ 2,2 bilhões
26. Dulce Pugliese de Godoy Bueno – US$ 2,2 bilhões
27. Ana Lucia de Mattos Barretto Villela – US$ 2,2 bilhões
28. Alexandre Grendene Bartelle – US$ 2,2 bilhões
29. João Alves de Queiroz Filho – US$ 2 bilhões
30. Jayme Garfinkel – US$ 2 bilhões
31. Júlio Bozano – US$ 1,8 bilhões
32. Liu Ming Chung – US$ 1,7 bilhão
33. Lírio Parisotto – US$ 1,6 bilhão
34. José João Abdalla Filho – US$ 1,5 bilhão
35. Miguel Krigsner – US$ 1,5 bilhão
36. José Isaac Peres – US$ 1,5 bilhão
37. Antônio Luiz Seabra – US$ 1,5 bilhão
38. Rubens Ometto Silveira Mello – US$ 1,4 bilhão
39. Daisy Igel – US$ 1,2 bilhão
40. Ana Maria Marcondes Penido Sant'Anna – US$ 1,2 bilhão
41. Maurizio Billi – US$ 1 bilhão
42. Elie Horn – US$ 1 bilhão

Na mesma edição, a revista Forbes publicou a lista dos 39 maiores bilionários do mundo – este mesmo mundo que presencia o drama de bilhões de pessoas que morrem de fome, vegetam em campos de refugiados e aceitam salários aviltantes nas potências capitalistas. Segundo a publicação, o número de ricaços cresceu em 18% em 2017, saltando para 2.208 contra 2.043 no ano anterior. Alguns deles, como Bill Gates e Mark Zuckerberg, ainda têm o cinismo de posar de filantropos, explorando as nações periféricas. Vale também conferir o ranking desta verdadeira aberração do capitalismo, um sistema contra a humanidade:

1. Jeff Bezos, com US$ 112 bilhões (Amazon)
2. Bill Gates, com US$ 90 bilhões (Microsoft)
3. Warren Buffett, com US$ 84 bilhões (Berkshire Hathaway)
4. Bernard Arnault, com US$ 72 bilhões (LVMH)
5. Mark Zuckerberg, com US$ 71 bilhões (Facebook)
6. Amancio Ortega, com US$ 70 bilhões (Zara)
7. Carlos Slim Helu, com US$ 67,1 bilhões (telecomunicações)
8. Charles Koch, com US$ 60 bilhões (diversificado)
9. David Koch, com US$ 60 bilhões (diversificado)
10. Larry Ellison, com US$ 58,5 bilhões (software)
11. Michael Bloomberg, com US$ 50 bilhões (Bloomberg LP)
12. Larry Page, com US$ 48,8 bilhões (Google)
13. Sergey Brin, com US$ 47,5 bilhões (Google)
14. Jim Walton, com US$ 46,4 bilhões (Wal-Mart)
15. S. Robson Walton, com US$ 46,2 bilhões (Wal-Mart)
16. Alice Walton, com US$ 46 bilhões (Wal-Mart)
17. Ma Huateng, com US$ 45,3 bilhões (Tencent)
18. Françoise Bettencourt-Meyers, com US$ 42,4 bilhões (L'Oreal)
19. Mukesh Ambani, com US$ 40,1 bilhões (Reliance Industries)
20. Jack Ma, com US$ 39 bilhões (e-commerce)
21. Sheldon Adelson, com US$ 38,5 bilhões (casinos)
22. Steve Ballmer, com US$ 38,4 bilhões (Microsoft)
23. Li Ka Shing, com US$ 34,9 bilhões (CK Asset Holdings)
24. Hui Ka Yan, com US$ 30,3 bilhões (China Evergrande Group of Shenzen)
25. Lee Shau Kee, com US$ 30,3 bilhões (imóveis)
26. Wang Jianlin, com US$ 30 bilhões (imóveis)
27. Beate Heister & Karl Albrecht Jr, com US$ 29,8 bilhões (varejo)
28. Phil Knight, com US$ 29,6 bilhões (Nike)
29. Jorge Paulo Lemann, com US$ 27,4 bilhões (3G Capital)
30. François Pinault, com US$ 27 bilhões (Kering)
31. Georg F. W. Schaeffler, com US$ 25,3 bilhões (Schaeffler)
32. Susanne Klatten, com US$ 25 bilhões (BMW)
32. David Thomson com US$ 25 bilhões (Thomson Reuters)
34. Jacqueline Mars, com US$ 23,6 bilhões (doces)
35. John Mars, com US$ 23,6 bilhões (doces)
36. Joseph Safra, com US$ 23,5 bilhões (banco)
37. Giovanni Ferrero, com US$ 23 bilhões (doces)
37. Dietrich Mateschitz, com US$ 23 bilhões (Red Bull)
38. Michael Dell, com US$ 22,7 bilhões (Dell)
39. Masayoshi Son, com US$ 22,7 bilhões (Softbank)

Altamiro Borges

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.