25 de mar de 2018

Dono de site que difamou Marielle com fake news é sócio de membro do MBL

Rizzo, sócio de Luciano Ayan. 
Foto: Reprodução/Facebook
Uma fonte do DCM informou que Carlos Augusto de Moraes Afonso, nome verdadeiro de Luciano Ayan do site difamatório Ceticismo Político, é sócio de Rafael Almeida Rizzo do Movimento Brasil Livre (MBL). Outro sócio de Carlos seria Pedro Augusto Ferreira Deiro, o Pedro D’Eyrot do Bonde do Rolê, que também apoiou o grupo de Kim.


O nome de Carlos Afonso aparece em pelo menos três empresas. Uma delas é a Itframing Servicos de Ti Ltda, que Rizzo é “sócio administrador”. A outra é Yey Inteligência Ltda, cujo nome fantasia é Nox e tem participação de Pedro Deiro.


Um dos coordenadores do MBL, Renato Battista, disse ao jornal O Globo que desconhece as atividades de Luciano Ayan.

Como o próprio confessou ser Carlos Augusto de Moraes Afonso, as atividades comerciais do dono do site que difamou a vereadora Marielle Franco em sua morte mostram que ele é bem mais próximo do grupo de Kim Kataguiri do que parece.

Pedro Zambarda de Araujo
No DCM



Dono de página de fake news sobre Marielle é sócio de dirigente do MBL

Consultor de informática administrava a página Ceticismo Político com o nome falso de Luciano Ayan

O "consultor" Carlos Afonso

O consultor de informática Carlos Augusto de Moraes Afonso, de 45 anos, admitiu neste sábado (24) ser o dono da página Ceticismo Político, acusada de disseminar fake news sobre as causas da morte da vereadora Marielle Franco. Afonso, que operava nas redes sociais com o pseudônimo “Luciano Ayan”, é sócio de Pedro D’Eyrot, líder e um dos fundadores do MBL (Movimento Brasil Livre) em uma consultoria. Até o início deste mês, ele também era sócio, em outro negócio, de Rafael Rizzo, coordenador de comunicação do MBL.

A página Ceticismo Político foi retirada do ar neste sábado pelo Facebook, porque constatou que o perfil “Luciano Ayan”, que administrava a página, era falso. A página Ceticismo Político foi apontada em estudo da Universidade Federal do Espírito Santo como a grande impulsionadora das falsas acusações contra a vereadora do PSOL que tomaram conta das redes sociais horas após o assassinato de Marielle.


Com a retirada da página da rede, o consultor de informática revelou a sua real identidade. Em nota publicada no site, rebateu as acusações de que dissemina fake news e assumiu a ligação com o MBL que sempre negou qualquer vínculo direto com Luciano Ayan e a página Ceticismo Político.

Afonso é sócio de Pedro Augusto Ferreira Deiro, nome verdadeiro do também rapper Pedro D’Eyrot, na empresa Yey Inteligência, criada em setembro de 2017. Na Receita Federal, consta que a Yey é uma consultoria com sede no Centro de São Paulo. A empresa tem capital social de R$ 30 mil, sendo que o dirigente do MBL possui 75% das cotas.

Pedro D’Eyrot, um dos fundadores do MBL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.