15 de fev de 2018

Verdades absolutas na era da Fake News


A terra é plana, mas se o STF mandar prender Lula ela poderá ser descrita como sendo redonda.

O MPF não é seletivo, ele apenas persegue o PT e arquiva os processos dos mafiosos do PSDB. 

Os juízes brasileiros são isentos e respeitam o teto salarial.

Os tiroteios nos EUA não são causados pela livre comercialização de armas de fogo.

Michel Temer tem mais chance de ser reeleito do que de ir para prisão ao final do seu (des)governo.

Lula não será candidato a presidente, se for ele perderá a eleição por causa de uma falha no sistema.

O povo brasileiro é pacífico e aceitará qualquer candidato presidencial escolhido pela Rede Globo.

Aécio Neves não cheira cocaína.

José Serra nunca roubou um centavo dos paulistas.

Quando toda a água for privatizada ela será mais abundante e mais barata.

O petróleo no litoral brasileiro não é dos gringos.

As Forças Armadas do Brasil nunca serão tropas de ocupação num estado vassalo governado pelo embaixador dos EUA.

Nossa democracia está tão viva que o mausoléu do marechal Castelo Branco será demolido num dia e o presidente João Goulart será simbolicamente reempossado na presidência no outro.

O dinheiro do BNDS sempre foi utilizado para pagar despesas correntes do governo federal e o usurpador Michel Temer pode manter isso.

É livre a imprensa, desde que a consciência do jornalista possa ser comprada.

A chave do Triplex foi entregue pela OAS ao avaliador nomeado por Sérgio Moro, mas o Triplex é de Lula.

Um juiz que combate a corrupção não pode ser corrompido pelos Bancos justamente porque aceitou que os banqueiros pagassem sua passagem e estadia para os EUA.

Marcelo Bretas pode posar de fuzil porque a Lei Orgânica da Magistratura foi revogada pelo CNJ.

A carnavalização do Processo Penal e do Direito Penal é uma consequência inevitável da politização do carnaval pela Tuiuti.

Os escravos e seus descendentes sempre foram felizes no Brasil até a promulgação da Lei Áurea.

Nenhum índio foi massacrado durante a ocupação do território nacional.

Delegado que arquiva inquérito policial não comete abuso de poder nem prevaricação.

Deus é brasileiro e santo de casa não faz milagre, mas por via das dúvidas o sarava evangélico vai continuar no Congresso Nacional.

A CNBB dirá amém ao golpe, mas sem violência.

Fábio de Oliveira Ribeiro
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.