13 de fev de 2018

jn menciona protesto, mas dá duas vezes menos tempo à Paraíso do Tuiuti do que a competidoras, sem direito a entrevista do vampiro Temer


“A Tuiuti mostrou manifestantes fantoches, criticou a reforma trabalhista e o presidente Michel Temer”.



Foi com esta frase que o Jornal Nacional , o telejornal da Globo, resumiu os protestos contra a reforma trabalhista mostrados pela Paraíso do Tuiuti na Marquês de Sapucaí.

Com o enredo Meu Deus, meu Deus, está extinta a escravidão?, a escola mostrou paneleiros, patos da Fiesp e carteiras trabalhistas esgarçadas como forma de denunciar a neo escravidão pós reforma trabalhista de Temer.

Um vampiro coberto de notas de dólares e com a faixa presidencial foi o destaque.

Globo sequer tentou explicar aos telespectadores a lógica da denúncia: fantoches vestidos com a camiseta da seleção brasileira, patos patrocinados pela Fiesp e paneleiros que receberam farta cobertura da emissora ajudaram a derrubar Dilma Rousseff, abrindo caminho para Temer e as reformas que demolem direitos sociais no Brasil.

No JN desta segunda-feira, foram apenas 35 segundos para a Tuiuti, contra 89 segundos para Vila Isabel, 74 para o Império Serrano, 65 para a Grande Rio, 63 para a Mangueira e 53 para a Mocidade.

A contagem de tempo foi feita pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ).

Ou seja, a Tuiuti foi “rebaixada” pela Globo, que poderia dispor de farto material para tratar do desfile que abalou as redes sociais.

Exemplo?

A entrevista do professor de História Léo Morais, que interpretou o vampiro Michel Temer no carro alegórico que fechou o desfile, o Navio Neo Tumbeiro.

Ele foi explícito ao denunciar o golpe que derrubou Dilma Rousseff.



No Viomundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.