28 de jan de 2018

Zanin na alça de mira da imprensa

Advogado de defesa de Lula conseguiu expor as vísceras do Judiciário como nenhum profissional que atuou no Mensalão

Foto: Ricardo Stuckert
A revista Época usou petistas ou foi usada por eles para atacar o advogado de Lula http://epoca.globo.com/amp/politica/expresso/noticia/2018/01/petistas-ac... A injustiça do ataque me parece evidente.

Desde antes da tragédia do Mensalão defendo o uso da tática da ruptura de Jacques Vergès https://jornalggn.com.br/blog/fabio-de-oliveira-ribeiro/jacques-verges-e.... Cristiano Zanin optou por uma defesa técnica e foi extremamente competente. Qualquer que fosse a tática usada o resultado seria o mesmo, pois o judiciário brasileiro já é impermeável à Justiça.

Quando a convicção da culpa é formada por razões políticas e ideológicas o trabalho do advogado é ingrato e quase sempre não resulta em absolvição. Todavia, Zanin conseguiu expor as vísceras nauseabundas do Judiciário como nenhum profissional que atuou no Mensalão.

O mérito do advogado de Lula é evidente. Ele transformou a vitória política do TRF-4/mídia numa derrota moral, ética e jurídica do Judiciário aos olhos da imprensa mundial. Creio que o trabalho de Zanin foi subestimado pela revista por ódio: o dono dela acusou o poderoso gancho no queixo.

O isolamento global da imprensa brasileira começou após ela comemorar o Impeachment de Dilma Rousseff, pois aquele episódio foi reconhecido como um verdadeiro golpe de estado por jornalistas europeus, norte-americanos e russos. Esse isolamento aumentou em razão do dano colateral imprevisto decorrente da condenação de Lula. A consequência desse divórcio de representações pode ser devastadora para as pretensões neoliberais dos juízes que optaram por desmontar e doar o Brasil em troca de novos privilégios.

Não creio que outro advogado conseguiria fazer o que Zanin fez. Discordo da tática legalista que ele usou dentro do Tribunal, mas sou obrigado a aplaudi-lo pelo que ele conseguiu fazer fora do Judiciário.

Fábio de Oliveira Ribeiro
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.