5 de jan de 2018

Raul Jungmann, o raro exercício da dignidade no reino de Temer


Conheço Raul Jungmann desde os tempos em que era Secretário Executivo do Ministério do Planejamento no governo Itamar Franco.

De lá para cá testemunhei cenas dignas e cenas oportunistas da sua parte – como o carnaval irresponsável quando o governo Dilma Rousseff pretendeu mudar as regras da poupança para permitir a redução da Selic. Ali, estava sob os eflúvios de Roberto Freire.

No Ministério da Defesa, o comportamento de Jungmann tem sido irrepreensível, acatando pedidos de uso da Força Nacional por governadores em casos de emergência. Mas sempre salientando o caráter absolutamente provisório das intervenções.

A recusa em atender ao pedido do prefeito de Porto Alegre, para conter manifestações em Porto Alegre no dia do julgamento de Lula pelo TRF4, fortalece ainda mais a impressão de um Ministro da Defesa responsável.

Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.