16 de jan de 2018

Merendeiro tucano Capez marchava contra a Dilma

O Santo é amigão do peito do merendeiro



Mais um justiceiro que se revela


Dizíamos que Fernando Capez era Promotor de Justiça, mas a vontade dele era mesmo fazer parte da Rota. Tinha jeito de capitão do mato. Dono da verdade. Reputação ilibada. Era o papo que rolava entre os alunos na época de cursinho.

Era o típico homem de bem, que abominava a bandidagem e claro, também vomitava sandices como bandido bom é bandido morto.

Em sala de aula, do alto da sua pompa e superioridade intelectual, seu ego se debruçava, sem modéstia alguma, em todo e qualquer espaço do antigo Complexo Jurídico Damásio de Jesus.

Em meio as suas aulas de penal e processo penal, contava historinhas da carochinha, tais como, quando ele esteve com algum amigo delegado, "brincando de Falcon", correndo atrás de algum facínora. E com o peito de pombo estufado, dizia em alto e bom som:

"Tadinho do denunciado! Vocês podem ter certeza que se houve denúncia, é porque a culpa dessa pessoa de "boa índole" é QUASE certa. Se há fumaça, há fogo. A chance do Ministério Público errar é mínima..."

Hoje, após a noticia de sua denuncia por corrupção no caso da Merenda, esse discurso escroto soou como música para os meus ouvidos.

Via de regra, esse povo só aprende a realidade da vida, deitando na cama de espinhos e não apenas explicando como essa cama funciona. Vai entender da maneira mais eficiente que dentro de um QUASE cabe uma vida inteira.

Só não vou ficar mais feliz porque sei que lá na frente, a justiça não tardará em falhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.