30 de dez de 2017

Planalto pagou R$ 121 mil ao Twitter para impulsionar campanhas em 2017

Governo pagou por destaque de hashtag

Repercussão no Twitter foi negativa

Facebook recebeu R$ 500 mil em 2017


O governo federal pagou R$ 121 mil para o Twitter em 2017. Além de promover publicações na rede social, o Planalto também usou o dinheiro para fixar campanhas entre os assuntos mais comentados.

O Twitter Brasil Rede de Informação LTDA. recebeu R$ 121.463,21 em 2017. No primeiro semestre foram gastos R$ 56.814,36. Nos últimos 6 meses do ano, foram pagos R$ 64.648,85.

Além dos R$ 121 mil com o Twitter, o Planalto também gastou quase R$ 500 mil com o Facebook em 2017.

Os dados são do Portal da Transparência e foram acessados em 27 de dezembro de 2017. Os últimos gastos apresentados no caso do Twitter são referentes a outubro de 2017.

O governo impulsionou publicações sobre as reformas trabalhista e previdenciária. Uma das peças divulgadas diz que a proposta de mudança no sistema de aposentadorias é “contra privilégios” e que se não for aprovada “o rombo da Previdência só vai aumentar”.


Outra peça promovida pelo governo fala em em 2018 como o ano “das melhorias e das reformas”. Usa uma estratégia de repetir algumas frases com um tom pessimista e depois em um tom otimista.


Outra alternativa publicitária do governo foi investir na exposição da hashtag #AgoraÉAvançar, promovida pela página Governo do Brasil em 20 de dezembro de 2017.


As respostas dos usuários, porém, não foram positivas. Muitos criticam os gastos com a promoção na rede social. Querem saber quanto custou aos cofres públicos. Os últimos dados disponíveis no Portal da Transparência, porém, se referem a outubro de 2017 e somam R$ 24,2 mil.


Alcance do Twitter

A rede social, fundada em março de 2006, tem hoje 330 milhões de usuários ativos mensalmente. Os dados do 3º trimestre de 2017 indicam um crescimento de 4 milhões em relação ao último trimestre.

A plataforma, que antes só permitia publicações de até 140 caracteres, passou a aceitar textos de até 280 caracteres desde novembro de 2017.

Como funciona o impulsionamento

Usuários do Twitter podem pagar para que suas publicações tenham mais alcance entre as outras pessoas e página conectadas à rede.

É possível selecionar o público-alvo, os recursos disponíveis e os tweets a serem impulsionados. Também há uma escolha chamada Promote Mode, com um valor fixo por mês que permite que alguns tweets sejam mais expostos na rede social.

“Os tweets que o Promote Mode impulsiona se tornarão publicidades e serão exibidos com um selo ‘promoted’ – como todos os outros Promoted Tweets, diz a explicação sobre o modo de promoção do Twitter.

Gabriel Hirabahasi
No Poder360

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.