6 de dez de 2017

Nomeação da delegada Marena subiu no telhado

Promoção depende de sindicância sobre morte do reitor

A delegada Marena foi promovida à superintendência da PF em Aracaju. Cuidado, sergipanos!
Da Época, a revista da Globo Overseas:

Nomeação de delegada da Lava Jato para chefiar a PF em Sergipe depende de conclusão de sindicância

A confirmação da delegada Érika Marena, que atuou na Lava Jato em Curitiba, no comando da Polícia Federal em Sergipe depende da conclusão de uma sindicância da Corregedoria da corporação. A apuração interna avalia a atuação da servidora na Operação Ouvidos Moucos. Deflagrada em setembro, a ação levou para a cadeia o ex-reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Luiz Carlos Cancellier junto com outras seis pessoas, acusados de desviar recursos públicos. Cancellier cometeu suicídio do dia 2 de novembro. (...)

No CAf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.