23 de dez de 2017

Embraer: Folha contesta a TV Afiada!

É o editorialista da “ditabranda”!


O amigo navegante deve estar entre os milhares que já assistiram à TV Afiada , ou “os entreguistas entregam a Embraer ao Pentagono!

É um alerta para o que um conhecido editorialista da Fel-lha desse sábado 23/XII chama de “mítica” e “nebulosa” defesa do interesse nacional brasileiro!

O editorial é um típico exemplo do “jornalismo” de Província, que tira os sapatos para entrar na Metrópole.

O editorialista – conhecido! - confessa que os entreguistas da Embraer não deram detalhes do “take over” nem ao presidente ladrão!

Mas, a Fel-lha não perde a oportunidade de postar-se de forma invariavelmente súcuba!

A TV Afiada não precisou de detalhes.

Basta saber o que a Embraer faz.

E o que o Pentágono quer!

Mas, vamos à analise de trechos desse instigante editorial:

A hipótese de venda (já começa a agressão à Língua Portuguesa: “hipótese de venda”… - PHA) causou excitação e celeuma, em boa parte por mexer com os nervos nacionalistas (sic) brasileiros (não seriam nervos americanos, por acaso… - PHA). Entretanto as reações de pretensos (sic) guardiões dos interesses estratégicos pátrios parecem, nesse caso, ainda mais desinformadas que de costume. (Como se o nobre editorialista tivesse a mais remota ideia de como será o “take over”… - PHA)

(...)

No mais, trata-se de negócios. (Negócios em que tudo vale! - PHA) Quanto à suscetibilidade nacionalista (sic) mais primitiva (Os entreguistas sempre se acham mais sabidos que os outros… - PHA), note-se que o controle da Embraer está pulverizado (e daí, amigo editorialista? E daí? - PHA) , sendo suas ações na maior parte de propriedade de investidores institucionais estrangeiros (Precisa desenhar, amigo navegante? -PHA) .

(...)

Acerca (sic) da natureza da transação, por ora não se conhecem detalhes. (Para uma empresa instalada no sistema de Defesa do Espaço Aéreo brasileiro, trata-se de uma pilantragem, não é, editorialista? - Só quem conhecerá os detalhes será o Wall Street Journal! PHA)

(...)

Em uma parceria com a Boeing, a empresa tem (sic) oportunidade de… aproveitar características complementares e se tornar mais eficiente. (Não dá pra entender… - PHA)

(...)

É bastante provável que a direção da empresa e seus acionistas principais tenham conhecimento mais preciso da transação. (Quá, quá quá! - E o Temer? E o Jungmann, suposto ministro da Defesa. E o Comandante da Força Aérea Nacional brasileira? Não precisam ter “conhecimento”? - PHA)

O governo brasileiro tem poder legal (“poder legal”- o que é isso? - PHA) de veto e motivos razoáveis (sic) de preocupação. Não deveria, porém, ser obstáculo ao crescimento da Embraer, em nome de míticas (sic) e nebulosas (sic) questões estratégicas. De concreto, interessam ao país empresas fortes e eficientes. (Como a Fel-lha, por exemplo… Quá, quá, quá! - PHA)

Em tempo: esse editorialista da Fel-lha deve ser o mesmo autor do inesquecível editorial da “ditabranda”! Além de tudo, analfabeto funcional!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.