1 de nov de 2017

Primo de Kadhafi explica por que Ocidente invadiu Líbia


O primo de Muammar Kadhafi, Ahmed Khaddafi Al-Dam, explicou as razões que provocaram a invasão da Líbia pelos países ocidentais.

Segundo ele, uma das razões foi a tentativa do líder líbio para criar uma moeda única africana e unir o continente tornando-o em uma espécie de "Estados Unidos da África".

"O Ocidente acreditava que esse governo iria fechar o acesso às riquezas africanas, o que contraria os interesses dos países ocidentais. Eles viram Muammar Khaddafi como uma ameaça, já que ele chefiava essa união africana", disse o primo do ex-líder líbio durante uma entrevista com o canal televisivo RT.

"Nós responsabilizamos completamente os estados ocidentais pelo que aconteceu na Líbia", destacou Ahmed Kadhafi Al-Dam.

Ele fez lembrar que os líderes ocidentais, incluindo o presidente norte-americano Barack Obama, reconheceram a derrubada do regime na Líbia como o seu maior erro. Ele também exigiu a realização de uma investigação a nível da ONU aos acontecimentos de 2011.

"Já que esses países agora fazem semelhantes declarações, nós exigimos que eles peçam desculpa perante todo o povo líbio por terem destruído o nosso país", disse o primo de Kadhafi.

O líder líbio foi morto em 20 de outubro de 2011 pelos rebeldes apoiados pela OTAN. A guerra civil que se iniciou no momento de sua morte continua há já cinco anos e causou a morte de mais de 230 mil pessoas, segundo os dados da ONU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.