6 de nov de 2017

'Não duvido', diz Cunha sobre suposta propina à Moreira Franco


O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse em seu depoimento à Justiça Federal que não duvida da possibilidade do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República. Moreira Franco, um dos mais próximos colaboradores de Michel Temer, ter recebido propina por meio de um suposto esquema de corrupção na Caixa Econômica Federal. "Se Moreira Franco recebeu, e se tratando de Moreira Franco até não duvido, mas não foi por minhas mãos", disse Cunha em depoimento prestado nesta segunda-feira (6).

O depoimento do ex-deputado tem como base o inquérito onde ele é suspeito de participar de um esquema na Caixa para liberar recursos do FI-FGTS, fundo de investimento administrado pelo instituição financeira. A afirmação de Cunha teve como objetivo rebater a acusação, feita pelo doleiro e operador de propinas do PMDB Lucio Funaro, de que o grupo Bertin teria pago propina para políticos do PMDB, incluindo o próprio Cunha e Temer.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.