26 de nov de 2017

Na manipulação do caso Gamecorp, é hora da PGR mostrar a que veio


Segundo reportagem da Folha, a Lava Jato estaria pressionando a Andrade Gutierrez a delatar influência política no aporte feito na empresa Gamecorp, da qual um dos filhos de Lula era sócio.

Nota do Ministério Público Federal do Distrito Federal informa que a denúncia foi apurada no campo civil por eles, e no campo criminal, em São Paulo. E ambos os inquéritos foram arquivados por falta de elementos.

Na época que explodiu o escândalo, ainda colunista da Folha, consultei fontes bastante ligadas ao mercado de startups. E elas disseram que a Telemar tinha feito um belíssimo negócio, porque investido em uma área promissora (games para celular), em uma empresa instalada, que já tinha alugado um canal bem sucedido no cabo.

Escrevi em minha coluna na Folha.

O caso voltou à tona inúmeras vezes depois disso. Agora, essa notícia que é desmentida por outros setores do MPF.

De três, uma:

1. O repórter inventou a história.

2. O jornal resolveu requentar o caso por razões políticas.

3. Alguém da Lava Jato ou da Andrade Gutierrez passou a informação para o repórter.

O autor da matéria é um jornalista experiente, sem histórico de manipulação de informações.

Portanto as hipóteses 1 e 2 firam prejudicadas.

Resta a hipótese 3.

Seja quem for a fonte, é prova cabal da perseguição política movida pela Lava Jato contra o ex-presidente. Não se trata meramente de jogar palavras ao ventos. Esse tipo de informação – sendo falsa ou verdadeira – tem impacto político, afeta o julgamento público sobre o tema; por tabela, afeta o julgamento jurídico.

Se for informação falsa, trata-se de denunciação caluniosa; se for verdadeira, é vazamento.

Espera-se que a nova Procuradora Geral da República cumpra o que prometeu na posse: combater toda forma de manipulação de informações provenientes dos processos tocados pelo MPF.

Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.