9 de nov de 2017

Ministério Público Eleitoral abre investigação contra o prefeito de Salvador

Acusado de receber recursos de caixa dois da Odebrecht, ACM Neto nega irregularidades

Ele
O Ministério Público Eleitoral na Bahia instaurou investigação para apurar a denúncia de que o prefeito de Salvador, ACM Neto, recebeu R$ 1,8 milhão por meio de caixa dois da Odebrecht nas eleições de 2012. ACM Neto nega irregularidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.