23 de nov de 2017

Estadão abafou crescimento de Lula em pesquisa que enche a bola de Huck


Nesta quinta-feira (22), o Estadão decidiu publicar na capa da edição impressa o resultado da pesquisa Ipsos de novembro que mostra um crescimento "substancial" na popularidade do apresentador Luciano Huck. Só que a mesma reportagem aponta que o desempenho do global é típico de qualquer "celebridade" e, a despeito do resultado, a figura política melhor avaliada e com tendência de crescimento é Lula.  

O gráfico abaixo, divulgado pelo jornal, mostra que Huck foi o melhor avaliado na pesquisa, com 60% de aprovação, seguido de Sergio Moro, com 50%. A pesquisa não é de intenção de votos, ou seja, não apura o potencial eleitoral de cada personalidade, mas sim sua simpatia junto ao público. 

Na mesma pesquisa, Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin aparecem com 24% de aprovação, Marina Silva com 35%, Ciro Gomes com 21%, João Doria, 19%, e Joaquim Barbosa, 42%. 

Nem no texto, nem no gráfico fica claro o salto que Lula deu entre a pesquisa de setembro passado e a de novembro. Nesse intervalo, Huck subiu 17 pontos, de 43% para 60% - e, por isso, ganhou o destaque. 

Embora não tenha dado destaque a Lula, o Estadão admitiu: "As taxas do ex-presidente estão em tendência de melhora paulatina desde junho." 


No GGN



Lula a Huck: 'adoraria disputar com alguém com logotipo da Globo na testa'


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que não se vê fora das disputa presidencial de 2018 e afirmou que o que mais deseja é "disputar (a Presidência da República) com alguém com o logotipo da Globo na testa".

A declaração é uma referência à colocação do apresentador Luciano Huck, que tem sido cortejado por partidos, como PPS e DEM, para disputar o pleito presidencial do próximo ano e que contaria com o apoio da emissora.

"Ainda não discutimos candidatura, mas a minha disposição é ser candidato e fazer o povo voltar a andar de cabeça erguida. Quem salvou o Brasil uma vez, pode salvar o Brasil de novo", destacou Lual em entrevista à Rádio 730 AM de Goiás.

Lula também, afirmou não acreditar em candidaturas "outsiders" e que desejaria saber "o que eles querem para o Brasil.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.