14 de nov de 2017

Conheça o passo a passo para emissão da ID Jovem


Aplicativo garante aos jovens de baixa renda benefícios como meia-entrada, passagens interestaduais e gratuidade no Enem

O acesso à meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos, além de descontos – ou mesmo gratuidade – em viagens interestaduais é direito dos jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos. O acesso a esses benefícios é garantido por meio da ID Jovem, um documento que deve ser emitido por meio de aplicativo no celular ou pela internet.

A ID Jovem é destinada aos jovens pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do governo federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses.

Regulamentada em outubro de 2015, a ID Jovem se tornou realidade em dezembro de 2016, após amplo debate entre o governo federal e setores da sociedade civil.

Passo a passo

Para a emissão é preciso ter em mãos o Número de Identificação Social (NIS), impresso no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS e na Carteira de Trabalho.

Pela internet, acesse o site da ID Jovem, preencha os dados solicitados e gere seu cartão. Para utilizar, imprima a imagem do cartão e a apresente no momento da aquisição do bilhete ou ingresso acompanhada de documento oficial com foto.

Pelo celular, o usuário deve fazer o download do aplicativo da ID Jovem, disponível para AndroidiOS e Windows Phone. O próximo passo é preencher com NIS e os dados cadastrais solicitados e gerar o cartão virtual da ID Jovem.

Não é necessário imprimir, apenas apresente a imagem do cartão dentro da validade na tela de seu celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso acompanhada de documento oficial com foto.

Gratuidade no Enem

Um dos benefícios garantidos pela ID Jovem é a gratuidade nas inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O período de inscrição da edição de 2017 do exame começou na manhã da segunda-feira (8) e segue aberto até as 23h59min do dia 19 maio.

Jovens de famílias carentes com renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo têm direito à isenção no Enem 2017 informando apenas o Número de Identificação Social (NIS) no momento de preencher a ficha de inscrição. Essa gratuidade também é estendida a todos os estudantes que estão concluindo o Ensino Médio em escolas da rede pública, desde que preencham a inscrição de maneira correta.

A expectativa do Ministério da Educação (MEC) é de que aproximadamente 8 milhões de candidatos se inscrevam para as provas, previstas para as tardes dos dois primeiros domingos de novembro, nos dias 05 e 12.

No Desacato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.