30 de out de 2017

Por que será que a Globo escondeu o Ibope


Em condições normais, o jornal O Globo teria feito estardalhaço com a sua primeira pesquisa Ibope sobre sucessão presidencial, em que o ex-presidente Lula aparece com chances de vencer a fatura já em primeiro turno; no entanto, como a Globo promove há mais de três anos uma guerra contra Lula que conseguiu arrasar a economia brasileira, a pesquisa foi escondida numa nota lateral na capa do jornal; outro motivo para noticiá-la de forma discreta é o baixo desempenho de Luciano Huck, o candidato de laboratório que a emissora dos Marinho tenta fabricar para governar o Brasil sem intermediários; como dizem os jovens, deu ruim para a Globo

Deu ruim para a Globo, que encomendou sua primeira pesquisa Ibope sobre sucessão presidencial.

Nela, o ex-presidente Lula aparece com chances de vencer a fatura já em primeiro turno (leia aqui).

Além disso, o apresentador Luciano Huck, candidato de laboratório que a emissora dos Marinho tenta fabricar para governar o Brasil sem intermediários, teve fraco desempenho e apareceu com apenas 5%.

Sobre o projeto da Globo para viabilizar um presidenciável, vale a pena conferir o que disse Lula em sua caravana, na etapa mineira. "Eu vou estampar na testa dele o logotipo da Globo e vou ganhar dele", afirmou (leia aqui).

Como a Globo promove há mais de três anos uma guerra contra Lula que conseguiu arrasar a economia brasileira, mas não destruiu seu adversário político, a pesquisa foi escondida numa nota lateral na capa do jornal.

Um vexame editorial. Mais um.



Inconformada, a Globo viaja… na maionese

viaja

É de dar risada ler a reação do público no Twitter à esta postagem lunática da Globo, baratinada diante do fato de que quatro anos de suas bombas não conseguiu destruir a identidade política do povão com o ex-presidente Lula.

Então, Lula lidera por conta de uma caravana sobre a qual a grande mídia não noticia uma linha? Porque viajam?

“Se fosse assim Doria estaria em primeiro, disparado! Parem de mentir e de manipular, não tá colando mais”, diz uma leitora. “O PSDB vai lançar o Bino para presidente e Pedro (os caminhoneiros do seriado Carga Pesada) para vice”, diz outro.

É só isso o que encontram de explicações? Ah, justificam-se, “mas Dória e Alckmin não são conhecidos”. Doria, há dois anos, é arroz-de-festa na mídia; Alckmin está no quarto mandato como governador do maior estado do país e foi candidato a Presidente.

Luciano Huck deu chabu na largada, o mato vai ficando sem cachorro, porque Moro se algemou com as declarações expressas de que não é candidato.

Mas não é nada engraçado o grau de partidarismo primário a que fazem baixar o jornalismo no Brasil.

Está claro que a pesquisa do Ibope foi encomenda de alguém e, provavelmente, do seu tradicional cliente, a Globo.

Divulgada assim, de maneira “misteriosa”. o jornal se desobriga a dar manchete, os apresentadores do Fantástico estão desobrigados também de apresentar os resultados e, assim, esconde-se tanto quanto possível o evidente: que Lula lidera, com enorme dianteira, as pesquisas eleitorais.

Secundado, aliás, por quase toda a mídia, onde oito entre dez títulos são “Lula e Bolsonaro lideram…” quando o ex-presidente tem bem mais que o dobro dos índices conferidos ao “candidato da bala”…

É cedo para dizer que perderam a batalha eleitoral, mas perderam a batalha política. Foram o mais longe que podiam ir em matéria de manobras e manipulações, controlaram o Judiciário e o parlamento e no que deu?

Deu em Temer no governo e o voto de direita no 45. Só que não no número do PSDB, mas no calibre da pistola.

Fernando Brito



Globo tenta explicar por que a pesquisa “deu ruim” e Lula está na frente


As Organizações Globo mostram cada vez mais seu descontentamento com o resultado da primeira pesquisa Ibope para as eleições presidenciais de 2018, que mostram Luiz Inácio Lula da Silva como líder absoluto em todos os cenários.

Em condições normais, a Globo teria feito um grande estardalhaço com o levantamento, o que não aconteceu.

Como a Globo promove há mais de três anos uma guerra contra Lula que conseguiu arrasar a economia brasileira, mas não destruiu seu adversário político, a pesquisa foi escondida numa nota lateral na capa do jornal.

Nesta segunda, o jornal da família Marinho publicou ainda uma reportagem —maior até do que a que divulgou a pesquisa Ibope— tentando minimizar a liderança de Lula, dizendo que a quase um ano do pleito, os resultados ainda não são significativos.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.