7 de set de 2017

TV da Colômbia pagou para ter testemunho falso contra o Governo da Venezuela


No palco da guerra midiática contra o governo da Venezuela , o canal 1 da Colômbia oferece uma prova inequívoca que em vez de retratar a verdade, vale todas "formas" de desconstruir uma realidade.

A matéria jornalistica abordava uma entrevista com o desertor do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional(SEBIN), Edgard de Jesús Villanueva. A repórter Claudia Cano demonstrava interesse em imputar participação de militares do governo num cartel de narcotráfico. A oposição venezuelana alardeia que a cooperação dos militares na logística de alimentos seriam indicativos de que os mesmos facilitariam o transporte de drogas, dando nome de "cartel del soles".

Em áudio subtraído, Villanueva se dirige a Cano dizendo que faria "as declarações solicitadas por que necessitava de dinheiro, mas não gostava de mentir na câmara". Cano pede que ele diga que "o diretor do SEBIN e o constituinte Diosdato Cabello são partes dos soles, sendo um segredo compartilhado por vocês".Acrescentava sua exigência, que o ex-militar vivendo nos estados Unidos, possa "poner cosas picantes". Villanueva pergunta: "O que deseja que fale sobre Maduro"? Mais adiante cobra sobre o pagamento e Cano lhe responde: "Quando terminarmos lhe pagamos".

Apesar de nunca ter aparecido nenhuma prova sobre "los soles", o canal 1 estatal gerido pelo fundo RTNC (privado), apresentou a reportagem escondendo a negativa de Villanueva sobre supostas práticas de torturas.



Tulio Ribeiro é graduado em economia,pós-graduado em História contemporânea,mestre em História Social,e doutorando em ¨Ciencias para el Desarrollo estrategico¨ pela UBV – Caracas
No Cafezinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.