23 de set de 2017

Lula tem que exigir, de Moro, tratamento de Vossa Excelência

E o que torna mais grave de Moro não investigar a gestão de FHC e de Pedro lalau Parente, é que esse é seu dever de ofício, já que a principal tarefa da Operação é investigar a Petrobrás.

Resultado de imagem para lula presidente?

Lula está, entre os presidentes no mundo, o mais investigado, já que ele e sua família foram submetidos a uma devassa, por mais de três anos. E por mais que procurassem nada foi encontrado contra ele, entretanto, mesmo nada devendo, Lula pagou um custo altíssimo, pois perdeu sua companheira, mãe de seus filhos, por conta da irresponsabilidade de seus perseguidores, principalmente o juiz Sergio Moro.

Moro teve a cara de pau de absolver a jornalista da Globo, Claudia Cruz, dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas (1).   Também absolveu a mulher de Sérgio Cabral, envolvida em crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro (2). E Moro, sem nenhuma base legal, não absolveu, em vida, a mulher de Lula, dona Marisa Letícia, que acabou morrendo, com certeza em decorrência da perseguição legal que sofreu, extensiva a seu marido e sua família.  

Lula recebeu publicamente o título de ficha limpa, depois de mais de 3 anos de investigação, sem encontrar qualquer prova contra ele, restando apenas os vazamentos criminosos, para mídia, para tentar manchar sua honra.

Todo o Ministério Público e Policia Federal gastando dinheiro público para produzir uma denúncia vazia, apresentada ao vivo na Globo,  que se resumiu, a “ Não tenho provas mas tenho convicção de que Lula é o comandante da corrupção na Petrobrás” (7).  Com o agravante de que Dallagnol, que chefia o grupo de procuradores da Lava Jato, nunca investigou aqueles que podem ser “O comandante da corrupção na Petrobras”:

- FHC, várias vezes citado em corrupção e, em muitas, envolvendo até seu próprio filho;

- O tucano Pedro lalau Parente, presidindo hoje a Petrobrás, nomeado pelo golpista Michel Temer. Chamo de Lalau porque ele é réu, desde 2001, em ação que versa sobre venda ilegal de ativos (4). E retorna para Petrobrás para chafurdar ainda mais, continuando a venda de ativos valiosíssimos sem licitação (8,9).

Com certeza que Moro, Dallagnol e todos da Lava Jato cometem crime de omissão, já que não investigam essa gestão de Pedro lalau Parente, com o agravante de que existe denúncia formalizada acerca da omissão da Lava Jato perante a gestão criminosa de Lalau na Petrobrás e do período de FHC, formalizada desde novembro de 2016, mas que nunca foi apurada.

E o que torna mais grave de Moro não investigar a gestão de FHC e de Pedro lalau Parente, é que esse é seu dever de ofício, já que a principal tarefa da Operação é investigar a Petrobrás.

Até hoje o MPF não investigou essa denúncia de omissão. Caso quisesse  investigar, com certeza encontrariam, com convicção e provas, o provável chefe da corrupção na Petrobrás. Moro faz pior, pois pediu ao MPF, que acatou o pedido em dezembro do mesmo ano, para intimar aquele que o denunciou (5,6). 

Ao invés de chamar Lula de Vossa Excelência, o juiz tem a petulância de criticar Lula, que não cometeu nenhum deslize ou falta de respeito, com a procuradora, quando lhe chamou de “Querida”: Moro a Lula: “Não chame a procuradora de querida”” (3).

E toda onda de devassa e manipulação da lei contra Lula só o fazem crescer aos olhos dos brasileiros e do mundo; prova disso é que Lula cresce a cada pesquisa de intenção de voto para 2018.









Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.