17 de ago de 2017

Só esta semana, João Doria já esteve fora de São Paulo duas vezes em pleno expediente

Como o historiador reaça Marco Antonio Villa não fiscaliza mais a agenda do prefeito como fazia com o petista Fernando Haddad, o site foi verificar se o "João Trabalhador" está de fato pegando no batente

Doria, que não está em campanha, é recebido em Palmas, no Tocantins.
Foto: reprodução facebook
Já que o historiador reaça Marco Antonio Villa não fiscaliza mais a agenda do prefeito como fazia com o petista Fernando Haddad, o site foi verificar se o “João Trabalhador”, como o atual “gestor” da capital paulista se autodenomina, está de fato pegando no batente.

Surpresa: entre segunda-feira e hoje, quarta-feira, o tucano João Doria deixou São Paulo nas mãos sabe-se lá de quem (do vice Bruno Covas? Da primeira-dama Bia Doria? Da sorte?) e passou o dia inteiro em duas outras capitais do país. Na segunda, esteve em Palmas, no Tocantins. Lá, teve intensa programação e inclusive atividade político-partidária em pleno expediente, o que é no mínimo imoral. E olha que Doria diz que “não é político”. Imagina se fosse…


Hoje, quarta-feira, João Doria passou o dia bem longe dos semáforos pifados e do aumento das mortes por atropelamento em São Paulo: estava em Natal, no Rio Grande do Norte, recebendo o título de “cidadão natalense”, a contragosto da população da capital.


Após receber ovadas em Salvador, onde também esteve na semana passada, a organização do evento tentou esconder Doria em um teatro dentro de um shopping, mas o prefeito não conseguiu fugir de protestos contra a sua presença.



Na sexta-feira, 18, o prefeito de São Paulo vai estar não na Praça da Sé, ou na Lapa, ou na Mooca, mas em Recife. Oficialmente, vai à capital pernambucana receber homenagem do LIDE-Pernambuco, empresa que ele mesmo fundou. Já está previsto que o prefeito itinerante também estará em Vila Velha (ES), Campina Grande (PB), Aracaju (SE), Fortaleza (CE) e Belém (PA).

Quem será que está bancando as viagens de Doria pelo Brasil? Se ele fosse do PT, certamente o Ministério Público de São Paulo estaria mais interessado em obter respostas. E o Villa, então?

Cynara Menezes
No Socialista Morena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.