26 de ago de 2017

R.I.P., Brazil


Refletir sobre o presente e sondar o futuro só é possível olhando para o passado.

"Um bom governo não pode mais existir sem propaganda e é uma boa propaganda não pode mais existir sem um bom governo."



As palavras de Joseph Goebbels se tornaram realidade no Brasil. Essa verdade é dolorosa, mas não pode ser contornada.

O governo Dilma Rousseff caiu porque não foi capaz de silenciar ou de sobrepujar a propaganda negativa contra o PT feita diariamente pelos meios de comunicação. Os programas sociais carinhosamente criados e administrados pelos governos petistas eram excelentes, mas foram incapazes de convencer a população de que o governo merecia ser preservado e defendido.

Após assaltar o poder a quadrilha de Michel Temer destruiu rapidamente os programas sociais do PT. A reação popular não ocorreu, pois a propaganda dos meios de comunicação manufaturou o consenso político em favor das reformas neoliberais. Além disso, a liberdade de expressão nas redes sociais não significa nada se não for acompanhada de ações concretas nas ruas.

Fiquei comovido ao ver o apelo de Luis Nassif no GGN. Todavia, não creio que ele será eficaz. O nacionalismo deixou de ser um elemento estruturante da nossa realidade. Isto ocorreu em parte como reação aos abusos cometidos pelos governos militares. Além disso, a esquerda não foi capaz de utiliza-lo no período em que governou.

Tudo está perdido. No final de 2014 eleitores de Aécio Neves queriam separar o sul e o sudeste do resto do país em razão da vitória do PT. Em razão do sucesso da caravana de Lula já existem militantes de esquerda  cogitando separar o norte, o nordeste e parte do  centro-oeste do Brasil.

As forças políticas que garantiam a coesão do Brasil foram destruídas. A fragmentação territorial será inevitável. Enfraquecido o Exército não conseguirá nem mesmo movimentar tropas para defender nossa unidade Em algum momento, porém, as empresas de comunicação também começarão a colher o que plantaram. A ganância pelo poder resulta sempre em húbris.

O prejuízo dos jornais e redes de TV serão inevitáveis, um resultado perverso das bombas semióticas jogadas no campo político pelos próprios jornalísticos. Os juízes também irão colher os espinhos que plantaram, especialmente os que pertencem ao MPF e a Justiça Federal.

A propaganda levou os nazistas ao governo e amplificou seu poder, mas não foi capaz de vencer a II Guerra Mundial. A propaganda derrotou o PT e garantiu as reformas neoliberais, mas não impedirá a destruição da federação. Goebbels estava certo e errado.


Fábio de Oliveira Ribeiro
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.