4 de ago de 2017

“Respeito, Excelência!”: diz fotógrafo Lula Marques


Hoje, fui surpreendido com a notícia de que o deputado Wladimir Costa não iria me processar pelas fotos que fiz dele ontem no plenário porque, segundo ele, foi tudo combinado e ele ainda teria pago R$ 500,00. Pois é, acreditem! Morri de rir quando soube!

Depois de 41 anos de fotojornalismo, sei que tem muito político que não gosta de mim. Desagradei vários, inclusive, presidentes da República. A ética e o respeito ao leitor são a minha base para fazer fotojornalismo. Eu sou os olhos do leitor e tenho compromisso com a verdade. A veracidade das minhas fotos nunca foi contestada. 

“Excelência”, deixe de ser mentiroso. Eu jamais faria um serviço fotográfico desses, ainda mais para um deputado golpista, machão e bufão como você. Eu tenho respeito profissional e jamais aceitaria participar de uma armação fotográfica. “Vossa Excelência”, você não tem noção do valor de um profissional e acha que qualquer um se vende, como muitos deputados para salvar o presidente golpista? Fique sabendo que nem se me oferecesse os R$ 7 milhões em emendas que dizem que você recebeu, eu não aceitaria para fazer essas fotos. Quero respeito!

Diante do que o deputado falou ao site Poder 360, vou consultar meus advogados para um possível processo por calúnia e difamação. Não vou deixar minha imagem ser arranhada dessa forma.

Lula Marques



Deputado da tattoo assedia repórter; sindicato emite nota de repúdio

O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal emitiu nota em repúdio à conduta machista do deputado Wladimir Costa (SD-PA) contra a repórter Basília Rodrigues, da rádio CBN


O Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal emitiu nota em repúdio à conduta machista do deputado Wladimir Costa (SD-PA) contra a repórter Basília Rodrigues, da rádio CBN. O deputado, que teve o mandato cassado no TRE do Pará por ilicitudes em sua campanha, é o mesmo que tatuou o nome do presidente Michel Temer no ombro.

“Nós, jornalistas do Distrito Federal, viemos a público rechaçar a conduta antiética, misógina, machista e racista do deputado Wladimir Costa contra a jornalista Basília Rodrigues, da CBN. Na noite do dia 1º de agosto, durante o exercício da profissão, Basília foi assediada sexual e moralmente pelo parlamentar”, diz a nota.

“Na noite do dia 1º de agosto, durante o exercício da profissão, Basília foi assediada sexual e moralmente pelo parlamentar”, diz a nota

Basília havia publicado o relato em sua página pessoal no Facebook. Ela contou que pediu para o parlamentar mostrar a tatuagem novamente, após suspeitas de que ela tenha sido feita com henna. Wladimir Costa, então, respondeu: “Pra você, só se for o corpo inteiro”.



O deputado já havia demonstrado desrespeito com mulheres jornalistas após ser flagrado pelo fotógrafo Lula Marques, na noite da votação da Câmara que livrou Temer de investigação, mandando mensagens pelo Whatsapp a mulheres. Em uma delas, escreveu: “Mostra a bunda, mostra, afinal não são suas profissões que a destacam como mulher”. O próprio parlamentar afirmou ao portal UOL que usou estes termos em uma conversa com uma “profissional de imprensa” que queria que ele mostrasse a tatuagem em plenário.

Flagrante da tela do celular do deputado Wladimir Costa. Fotos: Lula Marques
A mensagem, ampliada
“Somente antes de ontem ela pediu mais de 15 vezes, gente. Ontem foram mais de 20 vezes. ‘Deputado, tira a camisa’. Como é que vou tirar a camisa? Tenho que respeitar a família brasileira. Nós temos o decoro parlamentar, nós temos o decoro parlamentar, nós temos regras dentro da Câmara. E, mesmo que não houvesse regras, que determinam nosso comportamento, eu jamais chegaria a uma situação dessa sem limite”, afirmou.

"Mostra a bunda, mostra, afinal não são suas profissões que a destacam como mulher"

 Mais tarde, ao site Poder360, o deputado mudou a versão, acusando o fotógrafo de ter “forjado” o flagrante. “Ele tem essa prática de pedir ajuda dos deputados para fazer fotos. Eu não vou processar por que seria hipocrisia. Eu me inclinava para ajudar a foto dele”, declarou. O fotógrafo Lula Marques estuda ir à Justiça contra o parlamentar.

No Socialista Morena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.