29 de ago de 2017

Moro, chama Monica Bergamo de farsante e irresponsável e o procurador, Lima, chama o advogado kakay de sem vergonha. Baixou o Barraco na Lava Jato


A Lava Jato é reincidente em denuncia de pedido de propina: Primeiro foi a filha de Aldemir Bendine recebendo e-mail pedindo R$ 700 mil para compra do habeas corpus do pai (2).

Depois para reforçar que existe o pedido de propina na Lava Jato: Monica Bergamo em 27/08/17 na Folha publica entrevista em que advogado do doleiro diz que amigo de Moro o advogado, Carlos Zucoloto Jr, representando a lava Jato pediu propina ao advogado de Rodrigo Tacla Duran, para celebrar acordo de delação premiada (3).

...Em troca, segundo Duran, Zucolotto seria pago por meio de caixa dois. O dinheiro serviria para “cuidar” das pessoas que o ajudariam na negociação, segundo correspondência entre os dois que o ex-advogado da Odebrecht diz ter em seus arquivos (8)...

Chama atenção que os principais ladrões da Petrobrás preso pela Lava Jato estão em suas casas pagando suas penas em verdadeiros clubes de lazer construído com dinheiro da corrupção (6,7). Diante dessas denuncias, pergunta que não quer calar quanto cobrou a lava Jato por esse beneficio?

E agora baixou o Barraco na Lava Jato: Moro chama Monica Bergamo de farsante e irresponsável e o procurador, Carlos Fernando dos Santos Lima, chama o advogado kakay de sem vergonha (4)!

Moro atacando a jornalista Monica Bergamo: ...em uma matéria jornalística irresponsável para denegrir-me...(3)

Acontece que o site Portal360, aumentando a ênfase da crítica de Kakay, divulgou: “Advogado de casos da Lava Jato diz caber prisão preventiva a Moro”. Foi a vez, então, do procurador Carlos Fernando dos Santos Lima retrucar dizendo que “dessa vez Kakay foi longe demais”: “Tome vergonhe na cara”, asseverou em publicação no Facebook.

Há muito a Lava Jato perdeu a sua aura de pureza, só quem ainda a endeusa é a mídia principalmente a Globo. A Globo que premiou Moro tem lá seus motivos para exaltar Moro e a Lava Jato.

Os escândalos da Lava Jato afloram a cada dia: É o uso da Apae para palestras de R$ 40 mil do Dallagnol com aval da mulher de Moro, Rosangela Moro, que responde pelo jurídico da entidade (5,10).

Estranhamente, Moro Absolve a mulher de Eduardo Cunha, a jornalista da Globo, Claudia cruz. O advogado de Claudia é Marlon Arns sócio da mulher de Moro, Rosangela Moro, ambos envolvidos em escândalo de corrupção na APAE (9).

É moro cancelando 21 das 41 perguntas de Eduardo Cunha para proteger o golpista, Michel Temer (1).

A lava Jato a muito deixou de ser uma operação de investigação politica para virar caso de policia. Só falta vergonha na cara, coragem e aplicação da lei por parte do STF, PGR e MPF. Aliás, atributos que não faltaram a jornalista Monica Bergamo e ao advogado Kakay!











Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.