31 de ago de 2017

Globo, que liderou o golpe, vê corruptos no poder


Os corruptos estão no poder, reconhece o jornal O Globo, que liderou o golpe contra a presidente Dilma Rousseff e contra a democracia brasileira.

Em seu balanço sobre um ano de impeachment, o jornal da família Marinho, que convocou a população brasileira a ocupar as ruas contra a corrupção, reconhece que o Brasil tem hoje no poder o governo mais corrupto da história.

A própria foto escolhida foi emblemática, uma vez que Michel Temer, o primeiro ocupante da presidência denunciado por corrupção na história do Brasil, aparece ao lado de Rodrigo Rocha Loures, seu homem da mala, e dos ministros Henrique Eduardo Alves, preso por receber propinas, e Eliseu Padilha, também investigado.

"Nos meses que antecederam o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, milhões de brasileiros foram às ruas protestar contra a corrupção. Um ano depois de ela ter deixado o cargo definitivamente, a mobilização já não é mais a mesma, mas o número de autoridades acusadas de desviar dinheiro público só cresce", diz o texto.

Entre os investigados que governam o Brasil, o jornal cita nomes como Eliseu Padilha, Moreira Franco, Aloysio Nunes, Romero Jucá, Blairo Maggi e cita ainda o homem da mala Rodrigo Rocha Loures. O periódico também lembra que o próprio Temer é um os investigados.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.