14 de ago de 2017

“Distritão” não afetaria o resultado das eleições de 2014 nos estados do AC, AM, CE, PB e RN

Mesmo no atual sistema proporcional, os deputados federais destes estados obtiveram a maioria dos votos.


Após a aprovação do chamado “distritão” pela comissão especial da Câmara*, nesta semana, a Fórum fez uma análise dos efeitos desse sistema, caso ele existisse nas eleições de 2014. Dos 27 estados brasileiros, em apenas 5 deles os deputados federais continuariam os mesmos. Foi o que aconteceu no Acre, Amazonas, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Fato curioso é que mesmo Fortaleza (CE) sendo o 6º maior colégio eleitoral do País e Manaus (AM), a 8ª cidade com maior número de votantes, nenhum em nenhum dos dois estados haveria mudança nas cadeiras parlamentares. Abaixo você confere em ordem decrescente os mais votados em cada um desses locais:


Distritão”

Na madrugada da última quinta (10), foi aprovado o chamado “distritão” em votação da comissão especial da Câmara que analisa a Proposta de Emenda Constitucional sobre a reforma política. O texto original da PEC 77/03, de relatoria do deputado Vicente Candido (PT-SP), não previa este item, que foi posto em votação como um destaque proposto pelo PMDB – e acabou vencendo, por 17 votos a 15.

O “distritão” é o sistema onde são eleitos os deputados com mais votos, como nas disputas majoritárias – para presidente, governador ou prefeito. Desta forma, é ignorado o peso dos votos que cada partido ou coligação conquistaram nas urnas. *Entretanto, para que possam valer já nas eleições de 2018, essas mudanças precisam passar – até setembro – pelos plenários da própria Câmara e do Senado.

Fonte: dados oficiais do TSE sobre as eleições de 2014
No Forum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.