23 de jul de 2017

Mercosul aprova trem Bioceânico proposto pela Bolívia


Durante a cúpula do Mercosul, a Bolívia levantou a ferrovia bi-oceânica Central como uma forma de integração comercial entre os portos do Brasil e do Peru.

O Mercado Comum do Sul (Mercosul) aprovou uma declaração especial sobre uma ferrovia bi-oceânica Central proposta pela Bolívia, como uma forma de integração.

O corredor ferroviário de cerca de 3.755 km que fará a ligação do porto de Santos no Brasil no Oceano Atlântico, ao porto de Ilo, no Peru, ligando assim o centro da América do Sul aos portos marítimos, facilitará as exportações para a Ásia.

O vice-ministro de Comércio Exterior e Integração da Bolívia, Clarems Endara, destacou que a iniciativa deste projeto que é agora de interesse para os países do Mercosul, assim como tem sido para a União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

O trem terá um investimento de 10 bilhões de dólares e já foram levantados quatro estudos de pré-investimento pelo país andino. O primeiro é perspectiva comercial, de mercado e de logística alternativas; o segundo para o corredor estratégicoa resultante; o terceiro de avaliação ambiental e o último sobre o traçado, desenho básico preliminar, custos de construção e operação.

O Mercosul classificou o projeto como uma oportunidade para uma maior integração com a União Europeia, a Aliança do Pacífico e os mercados asiáticos.

No teleSUR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.