6 de jun de 2017

Edgar? Que Edgar, Temer? As pegadinhas da PF com Temer


O questionário enviado por Michel Temer pela Polícia Federal está cheio de misteriosas “pegadinhas”. Perguntas das quais, fica evidente, já se sabe a resposta e são “cascas de banana” para ver se ele escorrega:

“Vossa Excelência tem alguém chamado “Edgar” no universo de pessoas com quem se relaciona com certa proximidade? Se sim, identificar tal pessoa, mencionando a atividade profissional, eventual envolvimento na atividade partidária, descrevendo, ainda, a relação que com ela mantém. “

Joesley Batista afirmou que desde a assunção de Vossa Excelência como Presidente da República, vinha mantendo contatos com o ministro Geddel Vieira Lima. Vossa Excelência tinha conhecimento desses encontros? A que se destinavam?

O empresário referiu também que vinha ‘falando’ com o ministro Eliseu Padilha. Vossa Excelência tinha conhecimento desses contatos?

Vossa Excelência tem por hábito receber empresários em horários noturnos sem prévio registro em agenda oficial? Se sim, cite ao menos três empresários cm quem manteve encontros em circunstâncias análogas ao de Joesley Batista, após ter assumido a Presidência da República.

Além do caso, convenientemente minimizado.do “alinhamento” entre a JBS e o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o resto do questionário é cheio de situações que parecem ser já de conhecimento da Polícia.

Na modesta avaliação do blogueiro aqui, a primeira pergunta que Michel Temer terá de responder é a de se devolverá o questionário em branco, o que pode fazer, diante de estar naquela situação de preso de filme americano, na hora em que é detido: “você tem o direito de ficar calado, mas tudo o que disser poderá e será usado contra você”.

Inclusive o Edgar, que não é o Allan Poe, o dos contos de mistério e horror.

PS: A PF comete um ato falho, cheio de realidade. Na pergunta de número 77, chama a CVM, Comissão de Valores Mobiliários (negociados em bolsas) de Comissão de Valores Milionários:

77. Joesley Batista mencionou também que o Presidente da Comissão de Valores Milionários (CVM) estava por ser “trocado” e que se tratava de “lugar fundamental”. Vossa Excelência, então, orientou o empresário para que falasse com “ele. A quem Vossa Excelência se referiu?

Como diria o Ancelmo Góes, de O Globo: “É, pode ser”.

Fernando Brito
No Tijolaço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.