25 de mai de 2017

General Villas Bôas não pode ir à casa do FHC Brasif!

Nada como escapar da reforma (sic) da Previdência...




O Ministro do Exército, general Villas Bôas, subordinado ao general Etchegoyen, o do golpe fajuto, foi à Fundação ("fundada" sob pilares de grana indevida de empreiteiro...) Fernando Henrique Cardoso Brasif dar uma palestra sobre "segurança nacional".

E lá disse um conjunto de obviedades sobre a situação do país.

O general Villas Bôas, quando comandou a Amazônia, parecia ser um militar nacionalista!

Hoje, percebe-se, alinhou-se à UDN-Casa Grande, que deu o Golpe de 64, o de 2016 e onde se inscreve, desde que abandonou o marxismo, o Príncipe da Privataria, patrono da Privataria Tucana.

O general Villas Bôas, na ativa não pode frequentar a casa de quem:
‣ militou fervorosamente no Golpe contra uma Presidenta que não cometeu crime de respnsabilidade;

‣ de quem agora se diz "velho", como se velho não fosse, desde que abandonou um marxismo de ocasião - seu mentor na faculdade era marxista - para se filiar à corrente de pensamento que vem do Visconde de Cayru, aquele que, como "conselheiro" de D. João VI, abriu os portos aos ingleses - um patrono do entreguismo pátrio;

‣ de quem recebeu "favores indevidos" do Emílio Odebrecht;

‣ quem comprou um apartamentaço do banqueiro Safdié;

‣ cujo "primeiro filho" levou uma grana do Cerveró;

‣ que pagava mesada à suposta mãe de um filho que, na verdade, era de um bioólogo - segundo a Veja do Mario Sergio Conde -, através de uma empresa de nome "Brasif";

‣ quem assinou o Tratado de Não-Proliferação das Armas Atômicas;

‣ quem desarmou as Forças Armadas;

‣ quem ia submeter à indigente inanição o programa do submarino nuclear;

‣ quem vendeu a Petrobrax;

‣ quem vendeu a Vale a preço de banana.

O general Villas Bôas melhor faria se quieto permanecesse, até recolher-se à reserva.

Esse é outro que, ao fim, parece ter pulado para o outro lado da linha do trem, depois que o Presidente ladrão poupou os militares da reforma (sic) da Previdência.

Viva o Brasil!

Viva o Marechal Lott!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.