6 de mai de 2017

Aberrações jornalísticas


Veja e IstoÉ explicitam o que o país tenta disfarçar: o juiz, que deveria ser imparcial SEMPRE, é o "inimigo" do réu.

Essas capas, além de provarem que as duas revistas aceitam como NORMAL essa situação, demonstram que jornalisticamente são duas aberrações. Qualquer estudante de jornalismo seria capaz de compreender que não é aceitável opor um magistrado a alguém que ele deve julgar dessa maneira. 

É um atentado ao que se chama de Estado de Direito. Quem trabalha nelas deveria se envergonhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.