8 de abr de 2017

A ética de Temer resumida na resposta sobre seu juiz e amigo Gilmar: “E daí? A gente não pode conversar?”


Michel Temer deu uma entrevista anódina à Folha, falando sobre a reforma da Previdência.

“Cedemos até onde podemos”, conta. “O ponto fundamental da reforma é a questão da idade. Se fixarmos uma idade mínima, porque hoje as pessoas se aposentam com 50 ou 49 anos, já damos um passo avançadíssimo.”

O melhor, porém, ficou só na abertura da matéria, quando Michel (não) fala de sua relação promíscua com Gilmar Mendes, o companheiro que (não) está julgando sua cassação no TSE.

Foram ao menos oito as ocasiões em que eles se encontraram sem registros em suas agendas oficiais desde maio passado.

O Código de Processo Civil prevê que juízes não podem julgar “amigo íntimo” nem “aconselhar alguma das partes acerca do objeto da causa”, lembrou a BBC Brasil numa boa matéria.

Nessas situações, é preciso se declarar suspeito.

Ao menos quatro desses convescotes ocorreram no Palácio do Jaburu, onde Temer permaneceu depois que ficou com medo dos fantasmas no Planalto. O quinto não se sabe direito onde foi.

Dois foram confraternizações com outras autoridades na casa de Gilmar, outro foi um jantar na casa de um ministro do STJ. Houve também a carona que Gilmar pegou com Temer para Portugal. Enfim.

Temer declara não ver “nenhum” conflito de interesse nisso. “E daí? A gente não pode conversar?”, perguntou à Folha.

Esse é Michel, esse é Gilmar, esse é o Brasil. Azar o seu.

Kiko Nogueira
No DCM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.