22 de mar de 2017

Janot declara guerra a Gilmar e o acusa de decrepitude mental


O procurador geral da República, Rodrigo Janot respondeu forte a acusação do ministro do STF, Gilmar Mendes, de vazamento de informações pelo MPF em processos da Lava Jato. Em um discurso, agora pela manhã, na Escola Nacional do Ministério Público da União, disse Janot: "Em projeção mental alguns tentam igualar a todos a sua decrepitude moral."

Na edição desta quarta-feira, a Folha de São Paulo, mostra que o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), acusou a Procuradoria- Geral da República e a Polícia Federal de terem vazado à imprensa informações das operações Lava Jato e Carne Fraca. Segundo Gilmar, a divulgação de dados sob sigilo é uma “forma de chantagem”. “É uma desmoralização da autoridade pública”, disse. Ele citou coluna da Ombudsman da Folha no último domingo (19), que criticou a forma como jornalistas têm obtido informações sob sigilo na Lava Jato. A assessoria de imprensa da PGR afirmou que o órgão não iria se manifestar. Pelo jeito Janot mudou radicalmente de ideia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.