8 de fev de 2017

Cunha entrega "MT" na bandeja do Moro

Mas... não vem ao caso!


Num depoimento à Vara do Cachalote, Eduardo Cunha disse:
"Eu fui comunicado nessa reunião, tanto eu quanto o Fernando Diniz (lobista da Petrobras, já morto), na época pelo próprio presidente Michel Temer (o "MT" da lista da alcunhas da Odebrecht - PHA) e pelo Henrique Eduardo Alves (então lider do PMDB na Câmara). E ele (MT) esteve nesta reunião com (o então Ministro do Lula) Walfrido Mares Guia".

"Um dos advogados de Cunha, o especialista em delação premiada Marlus Arns, disse, ao final da audiência, que o ex-deputado afirmou que Temer sabia da existencia de uma cota de cargos do PMDB dentro da Petrobras".
Trechos extraídos do PiG cheiroso.
Mas, como se sabe, não virão ao caso.

Em tempo: como se sabe, o Dr. Janot manteve Eduardo Cunha na Presidência da Câmara até que ele derrubasse a Dilma. Depois, perdeu a serventia e está onde está...

PHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.