3 de fev de 2017

Cármen Lúcia e o algoritmo domado do STF


O STF (Supremo Tribunal Federal) tornou-se órgão tão político que não se pode acreditar nem no seu algoritmo.

Em outros episódios, os tribunais já comprovavam como era fácil burlar o tal algorítimo. No “sorteio” para a relatoria das contas de campanha de Dilma e do PT, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atropelou-se o juiz natural (que deveria ser o substituto do que saíra) e os dois inquéritos foram sorteados por Robin, o Ministro Dias Toffoli, para Batman, o Ministro Gilmar Mendes. A probabilidade de dois prêmios para o mesmo Ministro era de 1 x 36, ou de 2,78%.

Agora, o sorteado é o Ministro Luiz Fachin.

A 2ª Turma é composta por cinco Ministros.

Gilmar e Toffoli não poderiam ser sorteados, por excesso de militância.

Ricardo Lewandowski também não, porque seria massacrado pela mídia antes de pegar os processos.

Celso de Mello tem dois defeitos: está doente e é lento; e não cede a pressões.

Restou Fachin.

Segundo uma porta-voz da Globo, Fachin começou mal no Supremo, mas depois se firmou.

Começar mal significa manter independência em relação às pressões da malta. Melhorar, significa ceder às pressões, depois que foi alvo de chantagens, sabe-se lá por que temas.

Se esteve suscetível a tais manobras antes, por que não estaria agora?

Um dia a presidente Carmen Lúcia vai nos contar sobre como passar a perna no algoritmo.

Luís Nassif
No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.