5 de dez de 2016

Lava Jato e Folha mantêm perseguição a Lula e afundam no ridículo

Charge: Aroeira
A Oi informou ao Ministério Público Federal que Kalil Bittar, irmão de Fernando Bittar, em cujo nome está registrado o “sítio do Lula” em Atibaia, pediu à operadora a instalação de uma antena de celular em uma área próxima ao sítio.

A Folha dá a notícia com aquela parcialidade manipuladora de sempre: ‘Sócio de filho de Lula pediu para a Oi instalar antena em Atibaia’ é a manchete, porque Kalil Bittar é sócio de um dos filhos de Lula na empresa Gamecorp.

A Oi apresentou um e-mail enviado por Kalil a um diretor da Oi no qual ele aponta o local onde não haveria cobertura de nenhuma operadora.

A Oi disse aos procuradores que os estudos mostraram que haveria clientes suficientes para o investimento, que recebe pedidos semelhantes desde 2011 e que boa parte foi atendida.

Resumindo: o sítio é de Fernando Bittar e foi seu irmão, Kalil, quem fez o requerimento de instalação da antena à Oi, mas como Lula frequentava o sítio e Kalil é sócio do filho de Lula em uma empresa, a instalação da antena só pode ser mais uma evidência de que o sítio era de Lula.

E é com esse tipo de forçada de barra monstra que a Lava Jato quer sustentar a teoria de que Lula, o grande líder do esquema de corrupção na Petrobras segundo o power point do Dallagnol, favoreceu empreiteiras em negócios de bilhões de dólares em troca de quinquilharias como reformas em um sítio e agora com a instalação de uma antena de celular, apesar de não haver qualquer relação da Oi com as empreiteiras e com os desvios na Petrobras.

A teoria já seria ridícula se o sítio realmente fosse de Lula, mas nem isso o MPF está remotamente perto de provar.

A assessoria de Lula define bem a situação na sua resposta à matéria da Folha: 'o tema dessa investigação não tem qualquer relação com desvios na Petrobras, que supostamente é o tema da Lava Jato, e o vazamento desses materiais mostra que a investigação não objetiva apurar fatos, apenas fazer barulho midiático contra Lula. Apenas confirma o ‘lawfare’, uma perseguição, fútil e infrutífera, com nítidos objetivos políticos’.

Pedro Breier
No Cafezinho

Um comentário:

  1. Mais uma matéria para a seção humorística do PIG, com produção da Operação Lava Jato. Sem graça mas necessária para "provar" que o tal do sítio de Atibaia, que não é do Lula "é do Lula".

    ResponderExcluir

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.