26 de dez de 2016

Governo Sartori concede benefício fiscal ao bilionário que comprou a RBS de Santa Catarina

Para os Servidores tem arrocho, salários parcelados… Já para o Biliardário Parisoto, e para outros bilionários incentivos fiscais. A tal lista de empresas que levaram mais de nove bilhões de reais em Incentivos Fiscais esta guardada debaixo da cadeira do Sarori. Mas ele vai ter que dar transparência a ela, mais cedo ou mais tarde. E ali vão aparecer outros nababos como este sujeito, levando a grana do Rio Grande. O Argumento é de que gerariam empregos em troca desta grana preta toda. Mais uma mentira deslavada. A maioria das empresas que tem levado dinheiro destes incentivos, tem reduzido seu quadro de funcionários, e se não o reduziu, não aumentou e ainda por cima paga salários menores. Este é o Governo Sartori e o tal “no liberalismo”: Muito dinheiro público pra quem já tem, e nnhum dinheiro pra quem precisa, como servidores públicos, professores, policiais, funcionários da saúde, etc. E quem paga toda esta conta somos nós todos, com os nossos impostos.

Parisotto gosta de colecionar polpudos incentivos fiscais para seus negócios e também belas mulheres. Ao
lado, com a namorada Luiza Brunet, que o deixou em 2013.
Embora o governo Sartori não tenha deixado claro quem seria o principal beneficiário, o fato é que seu projeto de lei 45/2016, aprovado com 40 votos favoráveis e dois contrários, beneficia diretamente a empresa Innova, pertencente ao grupo Videolar.

A Videolar é do gaúcho Lirio Parisoto, o bilionário que acaba de comprar a RBS de Santa Catarina. Ele é um dos maiores investidores da Bovespa. A Innova foi adquirida da Petrobras por R$ 870 milhões, em 2013.

O deputado Ênio Bacci, um dos dois votos contrários, mandou dizer ao editor o que aconteceu:

– O Estado do Rio Grande do Sul vive talvez a maior crise financeira de sua história, sem dinheiro para o básico. Não há recursos para a saúde, educação e segurança. Não há recursos para pagar o funcionalismo público. Então, o poder executivo encaminha um projeto de lei que concede benefício fiscal a uma empresa de um bilionário, um dos homens mais ricos do mundo, que vai ter como benefício valores superiores a R$ 1 milhão e 300 mil reais. Dinheiro este, que vai deixar de entrar nos cofres do Estado.

No Luíz Müller Blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.