16 de nov de 2016

Ex-governador do Rio, Anthony Garotinho é preso pela PF


Ele foi detido na manhã desta quarta-feira (16) em sua residência no bairro do Flamengo e transferido para a sede da Polícia Federal em Campos dos Goytacazes; prisão foi solicitada pelo Ministério Público Eleitoral em mais um desdobramento da Operação Chequinho, que investiga compra de votos

O ex-governador Rio de Janeiro, Anthony Garotinho (PR), foi preso pela Polícia Federal em sua residência no bairro do Flamengo na manhã desta quarta-feira (16). A prisão foi solicitada pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira, do Ministério Público Eleitoral, e o ex-governador deve ser encaminhado à sede da PF em Campos dos Goytacazes.

Garotinho foi detido pela Operação Chequinho, que investiga o uso eleitoral do programa “Cheque Cidadão” e compra de votos nas eleições municipais de Campos dos Goytacazes. A atual prefeita da cidade é Rosinha Garotinho, esposa do ex-governador. Garotinho, por sua vez, exerce atualmente o cargo de secretário de governo do município.

Além de Garotinho, estão sendo executados ainda oito mandados de prisão temporária, outros oito busca e apreensão e um de condução coercitiva.

A Polícia Federal informou que forneceria mais informações sobre as prisões de hoje ao decorrer do dia, já que elas ainda estão em andamento.

Garotinho governou o estado do Rio de 1999 a 2002.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.