7 de nov de 2016

“Contra a corrupção”: suspeita de pagar quadrilha para fraudar Enem pediu impeachment de Dilma — assista


A estudante foi retirada da prova do Enem neste último domingo (06) suspeita de contratar um sistema de ponto eletrônico de uma quadrilha que passava o gabarito da prova para a aluna

A estudante Sofia Azevedo Macedo, de Belo Horizonte, foi retirada da prova do Enem neste último domingo (06) sob suspeita de contratar um sistema de ponto eletrônico de uma quadrilha que passava o gabarito da prova para ela conseguir uma boa pontuação.

“A quadrilha cobrava entre 150 e 180 mil, a depender da universidade que o candidato pretendia ingressar”, disse um delegado da Polícia Federal em uma reportagem do programa “Fantástico”, da TV Globo.



Apesar de querer tirar vantagem em cima dos outros milhares concorrentes, Sofia Macedo era uma jovem ativa nas redes sociais e fazia posts frequentes contra o governo Dilma e contra a corrupção. Inclusive chamou de “ridículo” o resultado das eleições.

Veja abaixo alguns deles:

Sem-título Sem-título-1
sofia macedo1

No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.