10 de ago de 2016

PF confirma propina para Fernando Bezerra, braço direito de Eduardo Campos

Em delação premiada, ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou que senador recebeu R$ 20 milhões de empreiteiras e teria repassado parte da verba à campanha de reeleição de Campos ao governo pernambucano


A Polícia Federal encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF), aos cuidados do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato, o inquérito que aponta o recebimento de propina pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) para campanha de reeleição ao governo pernambucano de Eduardo Campos, morto em 2014.

As informações foram confirmadas por delação do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Em depoimento, ele declarou que, entre 2010 e 2011, Bezerra teria recebido R$ 20 milhões em propina, e que teria repassado parte da verba à campanha de Campos.

O dinheiro, pago por empreiteiras, tinha como finalidade garantir participação nas obras da refinaria Abreu e Lima, no litoral sul de Pernambuco. As empresas foram contratadas por Paulo Roberto Costa via Petrobras durante sua atividade como diretor da estatal.

As investigações comprovaram ainda benefícios a Eduardo Campos. Porém, devido à morte do político, o inquérito contra o ex-presidenciável será extinto.

No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.