14 de ago de 2016

O segurança do Mineirão que provou que a Globo manda mais que Temer

A Globo manda mais que Temer
Uma advertência de um segurança num estádio olímpico é o retrato perfeito do Brasil.

Numa cena registrada num vídeo, o segurança diz que cartazes contra Temer tudo bem, mas contra a Globo não. Você pode vê-lo abaixo.

Ora, ora, ora.

Isso escancara o óbvio: a Globo pode mais que Temer.

O segurança deve ter ouvido isso de algum chefe. Que também ouviu a ordem de um superior.

Seja como for, é uma aberração.

Qual o sentido em proibir manifestações pacíficas contra a Globo? Liberdade de expressão não inclui acusar a casa dos Marinhos de golpista?

A favor do segurança, pelo menos se pode dizer que ele foi sincero. Ministros togados do STF louvam as chamadas instituições e fingem que a Globo não manda em todas elas. Seria mais honesto e realista se um magistrado do STF bradasse, agarrado a uma Constituição: “Acima disso aqui, só a Globo.”

2016 deixou claro que enquanto existir a Globo tal qual a conhecemos não haverá democracia. 54 milhões de votos podem ser incinerados com relativa facilidade caso a Globo deseje.

A culpa não é do segurança que avisou que estava proibido cartaz contra a Globo.

A culpa é de todos nós, de uma sociedade que permite que a Globo seja o que é e faça o que faz.

Paulo Nogueira
No DCM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.