12 de ago de 2016

Moro deve achar que somos todos imbecis

Ele
Foto: Lula Marques/ AGPT
Sergio Moro durante audiência na Câmara, no dia em que se recusou a responder o deputado Paulo Pimenta sobre os abusos da Lava Jato contra o ex-presidente Lula

Numa coisa nós temos que concordar. A força-tarefa da Operação Lava Jato, capitaneada pelo juiz Sergio Moro, nos surpreende a cada dia.

Depois de terem ‘desarticulado o maior esquema de corrupção da história brasileira’ — segundo a opinião dos procuradores e da grande mídia, é claro, que fingem desconhecer escândalos muito piores como o Banestado, ou para ficar num caso recente, a Operação Zelotes, responsáveis por desvios superiores a do ‘Petrolão’ — o juiz Sergio Moro afirmou na cara dura que só não intimou até agora a esposa de Eduardo Cunha porque não sabe onde ela mora.

“Há dificuldades para intimação pessoal da acusada Cláudia Cordeiro Cruz. O endereço disponível nos autos informado pela defesa era o endereço da Presidência da Câmara, não mais ocupada pelo marido da acusada”, disse ele.

Tamanha cara de pau é inacreditável. Para condenar Lula vale tudo, até perseguir sua família. Já quando se trata de alguém que não é do PT o juiz o justiceiro é afável, quase uma mãe.

Porque a força-tarefa da Lava Jato não bate no gabinete do ex-presidente da Câmara e pergunta seu novo endereço? É tão complicado assim?

Como disse um comentarista no Jornal GGN: ‘Moro, já não acha que somos idiotas. Ele tem certeza!’

Abaixo matéria do Jornal GGN com informações do portal Jota.

Obs: antes que um algum coxinha ou troll apareça nos comentários para dizer que estou comparando o Petrolão com os escândalos do Banestado e Zelotes apenas para defender o PT, aviso logo que não estou.

Digo apenas que a imprensa brasileira e os procuradores da Lava Jato se utilizam de uma estratégia denominada Bomba Semiótica. Não importa o fato do Banestado ou Zelotes terem desviado mais dinheiro que o Petrolão. É preciso colar no PT a imagem de ‘partido mais corrupto que já existiu na face da Terra’, por isso a hipérbole.

* * *

De novo, Moro não intima Cláudia Cruz porque não sabe onde ela mora


A força-tarefa que diz ter desarticulado o maior esquema de corrupção da história brasileira, instaurado no seio da Petrobras, não consegue intimar a mulher de Eduardo Cunha por falta de CEP. Pela segunda vez nos últimos dois meses, o juiz federal Sergio Moro diz que está esperando um endereço correto para pedir que a jornalista Cláudia Cruz se manifeste sobre as denúncias que enfrenta na Lava Jato.

Esta semana, Moro determinou que os advogados de defesa de Cláudia respondam de imediato sobre endereço onde ela possa ser localizada. “Há dificuldades para intimação pessoal da acusada Cláudia Cordeiro Cruz. O endereço disponível nos autos informado pela defesa era o endereço da Presidência da Câmara, não mais ocupada pelo marido da acusada”, diz Moro, segundo informações do portal Jota.

A Justiça Federal está há 11 dias tentando localizar Cláudia para dar andamento à ação penal na qual ela é acusada de fazer uso de contas no exterior que eram abastecidas com recursos desviados de esquemas de corrupção na Petrobras.

No início de junho, Moro aceitou denúncia oferecida pelos procuradores da Lava Jato contra a jornalista. Naquele mesmo mês, por duas vezes a Justiça Federal tentou localizar Cláudia em busca de sua defesa pessoal. Mas não conseguia encontrá-la na residência que possui no Rio de Janeiro. Ela costumava, à época, passar a semana com Cunha em Brasília. Ambos deixaram a residência oficial do presidente da Câmara quando Cunha abriu mão do posto.

Procurado, o advogado Pierpaolo Bottini disse que informou à Justiça Federal que “a defesa já se deu por intimada de forma que a comunicação pessoal de Claudia Cruz é dispensável”.

Com informações do Jota

Carlos Eduardo
No Cafezinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.