11 de ago de 2016

Juiz que sustou posse de Lula e tinha Facebook "Fora PT" concede palestra sobre imparcialidade

O juiz federal Itagiba Catta-Preta Neto, famoso por sua página nas redes sociais com fotos e montagens contra Dilma Rousseff, Lula e demais políticos do PT, bem como por conceder liminar que impediu o ex-presidente de assumir o Ministério da Casa Civil, palestrou hoje (8) na III Semana Institucional do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região sobre o risco do protagonismo judicial ferir a imparcialidade.

Catta Preta é juiz federal há 20 anos. Em março deste ano, concedeu uma liminar em 28 segundos para suspender a posse de Lula na Casa Civil.

Minutos após a decisão que repercutiu em diversos canais, postagens do magistrado no Facebook viralizaram nas redes sociais, cujo conteúdo apresentava mensagens, memes e fotos do juiz nas manifestações em favor do impeachment da presidenta.

"Ajude a derrubar a Dilma e volte a viajar para Miami e Orlando. Se ela cair, o dólar cai junto", publicou Catta-Preta. Outra legenda dizia "Liberté, Egalité, Fraternité e Fora Peté".

O magistrado foi cobrado por suas posições políticas que influiriam na decisão liminar - verdadeiro recorde de 28 segundos. Entretanto, passada a polêmica, Catta-Preta palestrou em São Paulo, no Tribunal Trabalhista, com o tema: “O protagonismo Judicial importa risco à imparcialidade?”.

Uma fonte próxima ao Justificando afirmou ser "bizarro" um juiz com o histórico de Catta-Preta palestrar a outros sobre imparcialidade.

No Justificando

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.